Busca

Vatican News

Conflito na Terra Santa: rezar é lutar contra o desprezo

Diretamente da Basílica da Anunciação, em Nazaré, o reitor e guardião Fr. Bruno Varriano agradece ao Papa Francisco e a todos os que estão rezando pelo fim do conflito. E cita as palavras do patriarca latino de Jerusalém, Sua Beatitude Pierbattista Pizzaballa, que recordou que o desprezo é a antessala da violência.

Bianca Fraccalvieri - Vatican News

Terrível e inaceitável foram os adjetivos utilizados pelo Papa Francisco para qualificar a matança de crianças no conflito entre israelenses e palestinos.

O premente apelo do Pontífice foi prontamente atendido pelas igrejas católicas na Terra Santa, que tocaram os sinos em comunhão com o Santo Padre.

Diretamente da Basílica da Anunciação, em Nazaré, o reitor e guardião Fr. Bruno Varriano agradece ao Papa Francisco e a todos os que estão rezando pelo fim do conflito. E cita as palavras do patriarca latino de Jerusalém, Sua Beatitude Pierbattista Pizzaballa, que recordou que o desprezo é a antessala da violência.

Ouça o testemunho do Fr. Bruno Varriano

Neste cenário preocupante, o Santo Padre no último domingo rezou por nós e convidou toda a Igreja a elevar orações e ter um olhar para a Terra Santa.

Nós respondemos a esta chamada de oração tocando todos os sinos de nossas Igrejas católicas. Assim, na Basílica da Ressureição do Santo Sepulcro em Jerusalém e também aqui na Basílica da Anunciação em Nazaré, tocamos os sinos em sinal de comunhão com o Papa Francisco.

Agradecemos a todos que continuam rezando por nós e que nestes tempos difíceis possam realmente clamar paz para Jerusalém, paz para estes povos.

Porém, rezar e se aproximar é a luta contra o desprezo, como disse Sua Beatitude Pierbattista Pizzaballa, nosso Patriarca latino: “O desprezo é já uma antessala para a violência”.

Por isso, que estes povos não se desprezem, mas que se encontrem e se amem.  Este é o sonho messiânico, este é o sonho do Deus da Paz que aqui em Nazaré se fez carne. Ele, o Emanuel, possa estar conosco e com todos os povos que aqui vivem. Muito obrigado pela oração de todos.

18 maio 2021, 10:15