Busca

Vatican News
Peru - eleições Peru - eleições 

Peru - Eleições presidenciais: os bispos apelam ao respeito das regras eleitorais

"Nos últimos cinco anos - destacam os bispos do Peru - a democracia tem sido seriamente desafiada pela sucessão de quatro presidentes e dois congressos que não permitiram ao país buscar o desenvolvimento integral”.

Vatican News

Em vista das eleições presidenciais e parlamentares a serem realizadas no próximo domingo, 11 de abril, a Conferência Episcopal do Peru, em carta assinada por seus líderes e datada de 5 de abril de 2021, exorta os partidos políticos a respeitarem as regras eleitorais e os compromissos éticos assumidos, bem como os resultados oficiais. Em uma rodada eleitoral que ocorre no contexto da pandemia, os prelados apelam para um clima de tranquilidade e para promover entre os eleitores um clima de tolerância e respeito até que os resultados finais sejam oficializados.

Ouça e compartilhe

"Nos últimos cinco anos - destacam os bispos do Peru - a democracia tem sido seriamente desafiada pela sucessão de quatro presidentes e dois congressos que não permitiram ao país buscar o desenvolvimento integral, consolidar a instituição democrática e lidar efetivamente com a pandemia que está causando muito sofrimento no país".

Daí, com base nas palavras do Papa, o apelo a uma "política com ética": uma política orientada para o bem comum, para cuidar dos mais necessitados e para o diálogo com as populações mais vulneráveis na busca do diálogo, da justiça, da reconciliação, do serviço aos outros, para garantir os direitos fundamentais da pessoa. A imparcialidade é solicitada às autoridades competentes, assim como a necessidade de conhecer os resultados oficiais de forma rápida e confiável, a fim de dissipar dúvidas existentes e evitar confusão e polarização em prol da estabilidade do país.

Enfim, os bispos do Peru se dirigem diretamente aos cidadãos, para que eles possam exercer seu direito - dever democrático com responsabilidade, porque o "futuro está em suas mãos". O convite é também para respeitar os protocolos de segurança sanitária: a pandemia - escreve o episcopado peruano - não deve impedir a realização de eleições "livres, transparentes e responsáveis".

Vatican News Service – PO

 

06 abril 2021, 11:30