Busca

Vatican News
Nossa Senhora de Harissa, Rainha do Líbano Nossa Senhora de Harissa, Rainha do Líbano 

Páscoa de esperança e dificuldades no Líbano

O Dia da Páscoa foi precedido, na Terra dos Cedros, por manifestações de protesto em Beirute e Sidon. O vigário geral do Patriarca, padre Hanna, sublinha como os jovens, que sentem a proximidade do Papa Francisco, representam a esperança do Líbano. E o reitor do Santuário de Harissa conta sobre o milhões de pessoas que do exterior, seguem todos os dias o terço da noite on-line.

Fausta Speranza – Vatican News

Foram retomados os protestos populares contra a corrupção e o mau governo no Líbano. A mídia em Beirute noticiou nos últimos dias sobre uma concentração em frente à sede do Ministério da Economia no centro da capital e outra organizada em Sidon, ao sul de Beirute, em frente ao hospital público para protestar contra a falta de serviços médicos básicos no contexto da pandemia.

É crise há mais de um ano

No Líbano, dominado há mais de um ano e meio pela pior crise econômica e política dos últimos 30 anos, a lira local perdeu 90 por cento de seu valor. Parece não haver perspectiva de formação de um novo governo em breve.

Segundo monsenhor Hanna Alwan, vigário do Patriarca dos Maronitas, cardeal Bechara Boutros Raï, os jovens mantêm o incentivo do Papa Francisco.

A oração se renova

"Em meio a tantas dificuldades, as pessoas estão rezando mais", disse-nos o padre Khalil Alwan, reitor do santuário de Nossa Senhora do Líbano em Harissa: wan

Padre Alwan lembra que os libaneses estão sofrendo uma crise econômica e social que não tem dado trégua à maioria da população há algum tempo e que se agravou com a pandemia. Em seguida, ele enfatiza que muitas pessoas e muitos jovens continuam a aderir ao Terço on-line que é rezado todas as noites às 19h15, horário local, e transmitido nas redes sociais. A experiência é dura e o momento é verdadeiramente dramático, mas por causa disso, a oração se intensificou e muitos estão se unindo, diz o reitor. Sente-se que se vive há algum tempo um período intenso de paixão e, portanto, se espera realmente a Ressurreição do Senhor, para que - acrescenta - a esperança humana possa ser reacendida para o renascimento do país. Padre Alwan explica que o compromisso de oração noturna que tem sido compartilhado nas mídias sociais desde outubro de 2019 é muito sentido. Mais e mais pessoas estão se unindo a este momento de oração e pelo menos um milhão de fiéis se conectam todos os dias do exterior. Muitos outros se uniram para as celebrações do Tríduo Pascal. A oração no Líbano está mais viva do que nunca.

05 abril 2021, 14:53