Busca

Vatican News

Igreja dominicana apresenta documentário sobre primeiro evangelizador da América

A apresentação oficial do vídeo contou com a significativa presença dos bispos dominicanos e membros das fundações Ramón Pané e La Isabela, muitos deles relatores do documentário, que em uma hora conta a história do jovem leigo catalão que evangelizou o povo taíno. O jovem eremita Ramón Pané foi o "primeiro defensor dos direitos dos índios, primeiro a aprender uma língua estrangeira fora das línguas europeias, primeiro antropólogo, primeiro etnólogo e primeiro a escrever um livro sobre o Continente Americano"

Vatican News

Ouça a reportagem e compartilhe

"Ele não era como se pensava frei Cristóbal de las Casas, que era um eremita pobre, simples e pouco instruído, uma impressão que sem dúvida se devia à sua simplicidade evangélica, à sua humildade evangélica."

É o que afirma um dos numerosos testemunhos que narram, por sua vez, a vida e obra do jovem eremita leigo Ramón Pané, que, motivado a levar o Evangelho aos indígenas, embarcou na segunda viagem de Cristóvão Colombo e chegou a Isabela, hoje parte de Puerto Plata, na República Dominicana, onde promoveu a construção do primeiro templo cristão, participou da primeira missa no continente e aprendeu a língua nativa do povo taíno para evangelizar a família do cacique Guaticaba, a primeira a acolher o Evangelho.

Primeiro evangelizador do Continente Americano

"Ramón Pané, Primeiro Evangelizador do Continente Americano" é o título do documentário de uma hora, dirigido e produzido por Ricardo Grzona, também presidente da Fundação Ramón Pané, que juntamente com membros da Conferência Episcopal Dominicana (CED) e da Fundação La Isabela, apresentou oficialmente o documentário no auditório da Casa San Pablo, em Santo Domingo, na presença de vários membros do episcopado, do Corpo Diplomático, autoridades governamentais, jornalistas, sacerdotes e leigos.

Após a apresentação, o bispo de Puerto Plata, dom Julio César Corniel Amaro, reiterou a importância do documentário para a história da República Dominicana, pois destaca o valor dos jovens na tarefa evangelizadora, e exortou "nossa juventude a descobrir sua vocação de serviço e evangelização", como fez o frei Ramón Pané.

O frade das primícias na América

Por sua vez, o diretor presidente Ricardo Grzona, definiu o jovem eremita como o frade das primícias na América, porque ele foi o "primeiro defensor dos direitos dos índios, primeiro a aprender uma língua estrangeira fora das línguas europeias, primeiro antropólogo, primeiro etnólogo e primeiro a escrever um livro sobre o continente americano".

“Grzona explicou que o documentário surgiu para destacar as contribuições de Pané na Nova Evangelização, já que 'ele passou para a história muito desapercebido', e agradeceu ao bispo emérito de La Vega, dom Camilo González, por tê-lo ajudado na busca de documentação para este projeto audiovisual.”

O documentário, produzido pela Fundação Pané, contou com a participação da produtora audiovisual LUMO e The Jesus Film Project. Conduzido pela mão do personagem Pané, representado por um ator, o vídeo nos guia através de paisagens naturais, lugares históricos na Espanha e na República Dominicana, intercalados com imagens e ilustrações antigas, assim como referências históricas de eclesiásticos e especialistas.

Contribuições da Santa Sé e do episcopado dominicano

Começando pela Santa Sé, falam sobre o jovem ermitão catalão: o arcebispo de Tegucigalpa (Honduras) e presidente do Conselho de Cardeais, cardeal Óscar Andrés Rodríguez Maradiaga; o secretário da Congregação para o Clero, o mexicano dom Jorge Patrón Wong; e o secretário do Pontifício Conselho para a Nova Evangelização, o colombiano dom Octávio Ruiz.

Também os bispos dominicanos: dom Camilo González, emérito de La Vega; dom De la Rosa y Carpio, emérito de Santiago de los Caballeros; e dom Julio Corniel, bispo de Puerto Plata.

Participam igualmente: os sacerdotes Jaume Aymar do Mosteiro de Murtra, da Ordem de los Hermitaños San Jerónimo, em Badalona, Catalunha; José Luis Menéndez, Arquidiocese de Miami; e Hernán Pereda dos Cooperadores Paroquiais de Cristo Rei; assim como especialistas da Fundação Pané e da Somos Community Care.

Vatican News – ATD/RL

27 abril 2021, 15:25