Busca

Vatican News
Rafael com os pais Silvinha e Emanuel Rafael com os pais Silvinha e Emanuel 

Família educadora na fé e nos valores éticos e morais

Num tempo marcado por desafios a família tem a missão da educação dos filhos na fé e com a preservação dos valores éticos e morais formando cidadãos que assumam seu papel na sociedade. Essa a experiencia vivida pelo casal Silvia Andréa Cardoso e Emanuel Cardoso. Como exemplo de pais que educam o filho Rafael de Barros Cardoso, 12 anos com todo amor e cuidado.

Ricardo Gomes – Diocese de Campos

Educar é uma missão confiada à família, que tem como exemplo a Sagrada Família de Nazaré. E para o casal Silvia Andréa Cardoso e Emanuel Cardoso essa missão está sendo assumida na educação do filho Rafael de Barros Cardoso que já segue os passos dos pais fundadores da Comunidade Católica Missão Todo Teu, que busca unir as famílias para a oração e a evangelização através da palavra e do exemplo de vida.

“Com o desejo de sermos pais pedimos em oração um filho que completasse junto a nós os sonhos de Deus. Ainda no ventre Rafael foi cercado de muito carinho, amor e amizade tudo que precisava para chegar ao mundo repleto de ternura”, revela Silvia.

Amor, ternura e cuidado cercam Rafael desde que nasceu. Para os pais a missão deve ser iniciada na família que é responsável para ajudar os filhos a construírem uma nova sociedade com uma juventude sadia e formada num ambiente de paz e solidariedade. É essa lição que forma no filho a fé em Deus e na civilização do amor.

Rafael nas aulas virtuais
Rafael nas aulas virtuais

Educando para o compromisso

Silvia e Emanuel desde cedo procuraram levar o Rafael a viver a fé e a graça diante de Deus. E se alegram em ver como o menino respondeu desde cedo ao chamado a evangelizar. Ainda com seis anos de idade fez a primeira Eucaristia. Inspirado por Deus com o dom da música, desde os três anos, traz muita alegria.

Cantando em família

“Hoje, cantando e tocando violão, instrumento que ele começou a tocar a partir dos sete anos de idade, completa a nossa felicidade. Para nós é muito bom ver tudo se desenvolver com naturalidade, mas temos que testemunhar que o resultado de tantas graças vem de uma educação presente, próxima, onde cumprimos nosso papel de pai e mãe, trazemos nosso filho para perto de nós  e, com isso, ele corresponde na oração, na vivência da Palavra de Deus e na obediência, mesmo quando nos questiona, afinal ele é uma criança como as outras na idade dele, que está passando por mudanças e transformações, mas sabe que queremos o melhor para ele”, conta Emanuel.

Rafael com os pais
Rafael com os pais

Relatam que neste tempo de pandemia a missão dos pais é ajudar os filhos no controle da ansiedade e no controle do uso das tecnologias, educar para a capacidade de esperar. Não se trata de proibir as crianças de jogarem com os dispositivos eletrônicos, mas encontrar a forma de gerar nelas a capacidade de diferenciarem as diversas lógicas.

“Assim podemos colher os frutos dessa educação na fé, tendo a graça de um filho missionário, estudioso, músico e desde cedo um anunciador de Cristo, um testemunho fiel do amor de Deus que nos chama e nos envia”, conclui a mãe.

Rafael contando na Igreja
26 março 2021, 13:16