Busca

Vatican News

Bangladesh. Ano de S. José. Igreja: difundir no país a devoção ao Santo

Arcebispo de Daca, dom D’Cruze convida os fiéis a conhecer melhor o Santo, a oferecer-lhe um lugar melhor em seus corações e, assim, tornarem-se cristãos melhores. No país asiático há dez paróquias católicas e várias instituições eclesiásticas intituladas a São José. Todavia, entre os católicos locais existe uma devoção maior a Santo Antônio de Pádua e à Santíssima Virgem Maria. Neste Ano especial a Igreja local promove eventos e atividades dedicadas a São José

Vatican News

Ouça a reportagem e compartilhe

Por ocasião do Ano de São José, convocado pelo Papa Francisco a realizar-se de 8 de dezembro de 2020 a 8 de dezembro de 2021, para celebrar o 150º aniversário da proclamação de São José como o Santo Patrono universal da Igreja, a Igreja em Bangladesh convidou os católicos do país asiático a visitar os novos lugares de peregrinação dedicados ao Santo esposo de Maria e pai putativo de Jesus, e a seguir seu exemplo para tornar-se cristãos melhores.

O arcebispo de Daca e presidente da Conferência Episcopal de Bangladesh (CBCB), dom Bejoy N. D'Cruze, presidiu em Solapur no dia 19 de março, na solenidade de São José, uma missa especial na igreja dedicada ao Guardião da Sagrada Família, e lançou oficialmente o Ano de São José no país.

À luz do exemplo de São José, tornarem-se cristãos melhores

O arcebispo da capital bengalesa também designou duas paróquias dedicadas a São José como lugares de peregrinação: uma em Savar e outra em Solapur, exortando os católicos a visitá-las.

O prelado convidou os fiéis a conhecer melhor o Santo, a oferecer-lhe um lugar melhor em seus corações e, assim, tornarem-se cristãos melhores. "Venham visitar os lugares de peregrinação para alcançar bênçãos de Deus através da intercessão de São José", exortou dom D’Cruze.

Promover a figura do Santo, esposo de Maria

No país, há dez paróquias católicas e várias instituições eclesiásticas intituladas  a São José. Todavia, entre os católicos locais existe uma devoção maior a Santo Antônio de Pádua e à Santíssima Virgem Maria. É por isso que a Igreja, neste Ano especial, quer tentar mudar o cenário, promovendo eventos e atividades dedicadas a São José.

No norte do país asiático, a Diocese de Rajshahi, que tem duas paróquias e algumas instituições intituladas ao pai putativo de Jesus, decidiu organizar seminários e encontros de oração durante todo o Ano de São José para promover a figura do Santo. Além disso, como relatado por um sacerdote idoso, padre Patrick Gomes, a diocese designará proximamente uma de suas paróquias como local de peregrinação.

País tem cerca de 700 mil cristãos, a maioria deles católicos

Por sua vez, o coordenador pastoral da Arquidiocese de Chattogram no sudeste de Bangladesh, Manik Willver D'Costa, disse à UCA News que também no âmbito desta jurisdição, neste Ano especial, estão previstos programas e eventos, orações e seminários promovendo a devoção a São José.

Em Bangladesh, nação predominantemente muçulmana do centro-sul da Ásia, há cerca de 700 mil cristãos, a maioria deles católicos, em uma população de cerca de 160 milhões de habitantes.

Vatican News – AP/RL

23 março 2021, 14:57