Busca

Vatican News
Belga reza na Igreja Sainte-Catherine, em Bruxelas Belga reza na Igreja Sainte-Catherine, em Bruxelas  (ANSA)

Rádio católica belga “1RCF” completa um ano

"Inaugurar uma nova estação de rádio, que chegou a atingir mais de cinco milhões de belgas francófonos em “DAB+” (difusão de áudio digital), não foi uma tarefa fácil, mas uma experiência emocionante e única", conta o responsável pela parte técnica da emissora.

Vatican News

Com um resultado positivo, a rádio belga “1RCF” concluiu seu primeiro ano de atividade, apesar da pandemia do coronavírus: esta é a avaliação de Dom Jean-Luc Hudsyn, responsável pelas Comunicações da Conferência Episcopal da Bélgica e pela equipe da nova emissora.

O bloqueio da pandemia, nos primeiros meses de 2020, certamente não facilitou o início das atividades da nova emissora católica. Mas a rádio conseguiu decolar graças à equipe de 50 colaboradores, permanentes e voluntários, e às numerosas parcerias com as outras rádios: RCF, CathoBel, Setor de Comunicação das dioceses de Tournai, Liège e o Vicariato de Brabant Wallon.

Lucas Ghazarian, jovem engenheiro e técnico de som, que recentemente se formou em Louvain-la-Neuve, e hoje é responsável pela parte técnica da rádio declarou: "Inaugurar uma nova estação de rádio, que chegou a atingir mais de cinco milhões de belgas francófonos em “DAB+” (difusão de áudio digital), não foi uma tarefa fácil, mas uma experiência emocionante e única".

"Em seu primeiro ano de vida – afirmou Lucas - a rádio, com sua programação, já conta mais de 40.000 ouvintes, enquanto o “DAB+” ainda cobre apenas 10-15% da população. Nossos diversos programas estão em contínuo aumento. "O principal desafio para este ano é aumentar a notoriedade da emissora católica em toda a Bélgica francófona", afirmou por sua vez Elise Vanesche, responsável das comunicações.

Entre os principais projetos para o futuro está a implementação de programas de música clássica. As equipes da rádio RCF na Bélgica estão cientes da sua promissora missão: acompanhar muitas pessoas isoladas, ansiosas por viver a sua fé ou em busca do sentido da vida, sobretudo neste período de pandemia.

Vatican News Service - RB

16 janeiro 2021, 11:17