Busca

Vatican News

Natal 2020. Cardeal Ribat: o Senhor não nos deixará sós, sempre estará conosco

Respondendo àqueles que sofrem com a pandemia, o cardeal-arcebispo de Port Moresby, em Papua Nova Guiné, enfatiza que "apesar de todas as mudanças pelas quais estamos passando, nossa ESPERANÇA segura está em JESUS CRISTO! As Escrituras nos lembram que 'Jesus Cristo é o mesmo ontem, hoje e sempre'". Em sua mensagem natalina, o cardeal deseja aos fiéis que experimentem o amor e a presença do EMMANUEL-Deus conosco, lembrando-lhes que o Senhor não nos deixará sozinhos e que Ele estará sempre conosco

Vatican News

Ouça e compartilhe

Neste tempo da pandemia, que influenciou e mudou nossas vidas, devido às restrições adotadas para impedir a transmissão do coronavírus, acabamos nos encontrando numa situação de desalento, em que começamos a nos perguntar: "O que está acontecendo?", "Quando vai acabar?" ou "O que fazemos agora? E tivemos  a necessidade de dar um sentido mais profundo a nossas vidas.

É o que escreve o arcebispo de Port Moresby, capital de Papua Nova Guiné, cardeal John Ribat, M.S.C., em sua mensagem de Natal aos fiéis, divulgada esta terça-feira, 22 de dezembro, no site do Episcopado do país insular oceânico.

“Jesus Cristo é o mesmo ontem, hoje e sempre”

Respondendo àqueles que sofrem com a pandemia, o purpurado quis enfatizar que "apesar de todas as mudanças pelas quais estamos passando, nossa ESPERANÇA segura está em JESUS CRISTO! As Escrituras nos lembram que 'Jesus Cristo é o mesmo ontem, hoje e sempre'".

Em seguida, o prelado convida os católicos "neste caminho de preparação para o Natal, neste tempo de Advento", a terem fé e esperança e a "celebrar com grande alegria o NASCIMENTO DE JESUS", porque "isto nos ajuda a olhar para o futuro com grande confiança, já que Deus está verdadeiramente conosco! Sua promessa é a PAZ e Ele vem para nos trazer esta paz", observa.

O Senhor estará sempre conosco

"O espírito de Natal, portanto, nos exorta todos a trabalhar para promover a PAZ, a HARMONIA e a UNIDADE em todos os aspectos de nossas vidas", acrescenta, convidando todos os fiéis, jovens ou idosos, a assumir a responsabilidade de "trabalhar juntos para assegurar que a paz possa permear nossas vidas, nossas relações e nossas obras".

O cardeal papuásio conclui desejando aos fiéis que experimentem o amor e a presença do EMMANUEL-Deus conosco, lembrando-lhes que o Senhor não nos deixará sozinhos e que Ele estará sempre conosco.

Vatican News – AP/RL

22 dezembro 2020, 14:24