Busca

Vatican News
Jovens da Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora, na cidade de Campo Grande (MS) Jovens da Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora, na cidade de Campo Grande (MS) 

Juventude e Vida: as histórias de fé de jovens

Pedro Henrique de Oliveira Grion, 16 anos e Leonardo Foglia de Medeiros, 17 anos, da Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora, na cidade de Campo Grande (MS), revelam histórias de vida e de serviço à comunidade paroquial. Os dois jovens descobriram a alegria de partilhar a missão de evangelizar sem mudar a rotina diária de estudos e de momentos de lazer. Experiências de busca da santidade no cotidiano.

Ricardo Gomes – Diocese de Campos

“A comunicação sempre foi parte da minha vida, desde criança sempre fui uma pessoa que gostava muito de falar, nunca tive vergonha de falar em público, aliás, era o que eu mais gostava. Na época da escola, eu gostava muito de apresentar trabalhos porque era neles que eu podia me comunicar o tanto que quisesse. Quando cheguei a igreja, vi que podia evangelizar muito mais usando essa minha espécie de "dom", poderia quebrar fronteiras e ir além só da minha cidade natal para evangelizar. Desde então, esse é um dos meus principais objetivos na igreja, evangelizar usando a internet como principal ferramenta, principalmente neste tempo”. Leonardo Foglia de Medeiros

Leonardo Foglia de Medeiros, 17 anos descobriu que neste tempo de pandemia e de isolamento social a comunicação assumiu uma importância para a Igreja estar nos lares, evangelizando e comunicando a Boa Nova de Jesus Cristo. Leonardo descobriu que é possível usar a internet para levar a boa nova sem perder tempo com coisas que não edificam.

Leonardo com os pais
Leonardo com os pais

“Esse meu objetivo de conversão por internet começou no início da pandemia. As igrejas tinham fechado e eu estava quebrando a cabeça para arrumar um jeito de fazer com que eu e meus amigos não parássemos de rezar mesmo não podendo ir a igrejas, foi aí que surgiu a idéia da "Novena Virtual". Essa novena foi online e contou com mais de 100 jovens do Brasil inteiro rezando ao mesmo tempo, deu tanto sucesso que até o Reitor Mor dos Salesianos reconheceu nossa Novena”, relata o jovem.

“Eu diria que a internet ela é lugar que pode muitas das vezes corromper-nos, porém, se for usada da forma correta, como foi usada na Novena e ela pode gerar frutos impressionantes e alcançar lugares jamais imaginados! A internet é uma ferramenta incrível de evangelização, você pode evangelizar desde fotos até criando sites como Carlo Acutis fez”. - Leonardo Foglia de Medeiros

Leonardo no Presépio
Leonardo no Presépio

A história de Leonardo inicia com a conversão e a adesão a igreja se tornando em referencia de fé para os jovens. Encantou-se com a mística católica e encontrou respostas para vivenciar a fé e ao amor a Jesus Cristo. Ai surge a devoção eucarística e mariana. E se dedica ao serviço do altar.

“Posso dizer que faz pouco tempo que me converti, pouco menos de 1 ano, quando aceitei o chamado de Deus para realizar um acampamento na minha Paróquia. Lá encontrei o Deus que há tempos estava procurando em outras religiões e nunca encontrava um Deus que me ama apesar de todos os meus defeitos, que se sacrificou por mim mesmo eu não merecendo, lá aprendi que Deus é amor! Meus pais sempre acreditaram muito em Deus, porém nós nunca freqüentamos muito a igreja, tanto que nesse período de 1 ano que estou na Igreja Católica, já realizei quase todos os sacramentos que não tinha, só não realizei a Crisma pois na época em que eu ia crismar acabei contraindo a Covid-19.  É uma sensação incrível de estar caminhando com Deus agora, só tenho colhido bons frutos com Ele, e também fico muito feliz, pois agora estou trazendo também os meus pais para a igreja!”, conta Leonardo.

Leonardo, 17 anos

Alegria jovial e a conversão diária

Pedro Henrique de Oliveira Grion, 16 anos divide seu tempo entre a escola, ajudar a mãe a cuidar do irmão e participar das atividades na Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora. Atua como Cerimoniário e esta sempre conectado enviando mensagens a outros jovens falando de sua experiência de buscar viver a santidade. Para Pedro é importante nunca perder tempo com realidades não edificantes.

Pedro com a família
Pedro com a família

“A alegria de servir na Igreja é imensa, pois estou lá servindo para Cristo e para maior glória de seu nome, estou servindo para aquele que foi o Redentor, aquele que é o Centro de todas as nossas vidas e não há alegria maior do que seguir Jesus e levar Jesus para outros, desde os pequeninos atos! E como é bom ser exemplo a todos esses jovens para seguir a santidade, seguir esse caminho que nos leva ao verdadeiro amor, como é maravilhoso, de certa forma, influenciar na vida das pessoas para que sigam Jesus servindo na Igreja, cumprindo os sacramentos, tomando como exemplo a vida dos santos. Como é perfeito seguir a Perfeição”, conta Pedro.

Pedro com o irmão
Pedro com o irmão

Pedro Henrique destaca que com a pandemia o cotidiano se tornou mais em casa. Assim teve a oportunidade de se aproximar mais dos pais com uma convivência mais próxima e ajudando em tarefas simples.

“Em casa, eu vivo essa alegria tentando ajudar a minha família, que é a nossa primeira Igreja, desde lavar a louça a cuidar do meu irmão, e é nessas pequenas coisas, feitas com amor, que eu vivo a alegria dentro de casa. Os desafios são diversos, mas nada melhor como entregar as nossas atitudes nas mãos de Deus e realizar esses desafios com amor, pois tudo é bom se realizado com amor!! E a pandemia nos trás uma lição onde cada abraço, cada beijo têm valores enormes. Que tudo passa que não levamos nada desse mundo, dinheiro, fama, etc. Que nós só temos o hoje para amar aqueles que estão ao nosso redor e todos aqueles que precisam de nossa ajuda”, comenta.

22 dezembro 2020, 13:51