Busca

Vatican News
JMJ - rumo a Lisboa 2023 JMJ - rumo a Lisboa 2023 

O Sínodo dos Jovens continua. Do Panamá a Lisboa: chamados à sinodalidade missionária

Convocados pelo lema “De Panamá a Lisboa: chamados à sinodalidade missionária”, o encontro reviveu os momentos fortes da Jornada Mundial da Juventude (JMJ) realizada no Panamá, em janeiro de 2019, provocando um rico intercâmbio de experiência e sugestões para a próxima edição em Lisboa 2023.

Vatican News

O Sínodo dos Bispos sobre “os jovens, a fé e o discernimento vocacional”, realizado em outubro de 2018, continua em plena etapa de implementação. Um encontro online, organizado pelo Dicastério para os Leigos, a Família e a Vida, que se concluiu neste sábado  (21/11), reuniu por quatro dias mais de 250 responsáveis de Pastoral Juvenil das Conferências Episcopais e dos principais movimentos internacionais juvenis.

Ouça a reportagem

Convocados pelo lema “De Panamá a Lisboa: chamados à sinodalidade missionária”, o encontro reviveu os momentos fortes da Jornada Mundial da Juventude (JMJ) realizada no Panamá, em janeiro de 2019, provocando um rico intercâmbio de experiência e sugestões para a próxima edição em Lisboa 2023.

O encontro começou com uma reflexão sobre os desafios e as oportunidades que a pandemia da COVID-19 significa para os jovens do mundo inteiro. Diversos testemunhos destacaram como tantos jovens cristãos têm respondido com criatividade e protagonismo ao momento presente. O mundo será diferente depois da pandemia e os jovens têm a missão de indicar caminhos melhores, não só para a Pastoral Juvenil e para a JMJ, mas para a toda a Igreja e a sociedade.

A gratidão pelo acolhimento caloroso do povo panamenho e pela organização exemplar do Comitê Organizador Local (COL) marcou a tônica do segundo dia de encontro, que contou com a presença de S. Ex. Mons. José Domingo Ulloa, arcebispo do Panamá. Em seguida, os participantes dedicaram um dia a refletir sobre a sinodalidade missionária, expressão acunhada pelo Sínodo de 2018: o que ela significa, seus desafios, quais os caminhos para colocá-la em prática e pistas para uma pastoral juvenil sinodal, contando experiências que têm dado certo. Esses foram temas abordados na palestra da Ir. Nathalie Becquart, nos testemunhos de jovens que participaram do processo sinodal e nas partilhas realizadas em grupos de trabalho online.

No último dia do encontro, o COL de Lisboa – encabeçado por S. Em. Card. Manuel Clemente, Patriarca de Lisboa – apresentou o estado atual da organização da próxima JMJ e entusiasmou a todos para essa grande peregrinação juvenil, que começa já agora com a passagem dos símbolos da JMJ – a cruz e o ícone de María – enviados a Portugal durante a missa deste domingo, Solenidade de Cristo Rei, presidida pelo Papa Francisco na Basílica de São Pedro para um grupo muito reduzido devido às restrições sanitárias.

21 novembro 2020, 12:45