Busca

Vatican News
Papa Francisco na Tailândia em novembro de 2019 Papa Francisco na Tailândia em novembro de 2019  (ANSA)

Na catedral de Bangkok o primeiro aniversário da visita do Papa

Um ano atrás o Papa Francisco visitava a Tailândia. Para recordar o cardeal Francis Xavier Kriengsak Kovithavanij celebrou uma Missa na Catedral de Nossa Senhora da Assunção em Bangkok

Anna Poce  - Vatican News

Por ocasião do primeiro aniversário da visita apostólica do Papa Francisco à Tailândia e da inauguração do Ano da Juventude Católica Tailandesa, centenas de fiéis participaram da Missa na Catedral de Nossa Senhora da Assunção de Bangkok celebrada pelo Cardeal Francis Xavier Kriengsak Kovithavanij, presidente do Episcopado da Tailândia e Arcebispo da cidade.

Ouça e compartilhe!

Os jovens, presente e futuro da Igreja

"É justo e significativo que a Conferência Episcopal da Tailândia nos tenha reunido hoje para inaugurar o Ano da Juventude Católica Tailandesa”, disse o cardeal na ocasião, “e para transmitir mais uma vez a mensagem papal a todos os jovens que amamos e a quem desejamos todo bem com carinho". "Estejam certos de que vocês são o presente e o futuro da Igreja e da sociedade tailandesa", disse, acrescentando: "Desejo que todos os jovens vivam suas vidas com espírito cristão, de acordo com a mensagem enviada pelo Santo Padre a todos em sua homilia e que sigam seu exemplo e suas ações".

A visita do Papa em novembro de 2019

O Papa Francisco visitou a Tailândia de 20 a 23 de novembro do ano passado. Foi a segunda visita de um Pontífice ao país, depois da de João Paulo II, em 1984. A visita apostólica, com o lema "Discípulos de Cristo, discípulos missionários", aconteceu por ocasião do 350º aniversário do Vicariato Apostólico do Sião, erigido em 1669, que marcou o início da presença da Igreja na Tailândia. Durante a celebração, o Cardeal Kriengsak compartilhou com os fiéis a experiência de seu encontro com o Papa: "Eu vi seu ser e seu comportamento", "ele é a Boa Nova que trouxe felicidade a todos que o encontraram". O Santo Padre, continuou, leva "as crianças e os adolescentes a caminharem juntos em união com ele, a terem fé em Cristo que está vivo no meio de nós e lhes deu um 'coração jovem'". Os quase 400.000 católicos na Tailândia representam pouco mais de 0,5% dos 65 milhões dos habitantes do país.

24 novembro 2020, 13:30