Busca

Vatican News
Passagem do tufão Goni nas Filipinas Passagem do tufão Goni nas Filipinas  (ANSA)

Filipinas: apelo global da Caritas para ajudar as pessoas afetadas pelo tufão Goni

Trezentas e noventa mil pessoas foram deslocadas de suas casas e cerca de 347 mil ainda estão nos centros de acolhimento.

Vatican News

“Com humildade, fazemos um apelo aos atos sinceros de gentileza, generosidade e compaixão de todos.” Foi o que disse à agência UCA News o diretor da Caritas Filipinas, pe. José Colin Bagaforo, lançando um apelo global para ajudar as pessoas afetadas pelo Goni, o maior tufão de 2020 que atingiu o sul de Luzon no último domingo, causando pelo menos 20 mortos e afetando milhares de filipinos.

Ouça e compartilhe

Trezentas e noventa mil pessoas foram deslocadas de suas casas e cerca de 347 mil ainda estão nos centros de acolhimento. As fotos nas redes sociais mostram povoados submersos por enchentes, casas destruídas, árvores derrubadas e escombros. Mais de 300 casas foram soterradas por deslizamentos de lama vulcânica na província de Albay, gravemente afetada pela tempestade.

Pe. Bagaforo destacou que o tufão aumentará “ainda mais a pobreza” das comunidades já severamente provadas pela pandemia de coronavírus. Ele referiu que as equipes de intervenção rápida da Igreja agiram imediatamente e os voluntários e grupos diocesanos estão levando ajuda aos deslocados em várias paróquias.

A Arquidiocese de Manila doou um milhão de pesos para atender às necessidades urgentes das comunidades afetadas. Além disso, o diretor executivo da Caritas Manila, pe. Anton Pascual, anunciou que a Arquidiocese de Cáceres e as Dioceses de Virac, Daet, Gumaca e Legazpi receberão 200 mil pesos cada uma.

“Nestes tempos difíceis, em que elevamos tudo a nosso Deus, também sabemos que todos no mundo serão capazes de ouvir as nossas orações e enviar ajuda”, disse pe. Tony Labiao, secretário executivo da Caritas Filipinas.

Vatican News Service - AP/MJ

03 novembro 2020, 12:43