Busca

Vatican News
Carlo Acustis: devoção das famílias brasileiras Carlo Acustis: devoção das famílias brasileiras 

Carlo Acutis: famílias brasileiras pedem a intercessão do Beato

O milagre da cura do menino Matheus Viana, que ocorreu no Brasil na cidade de Campo Grande, (MS) e possibilitou a Beatificação de Carlo Acutis despertou nas famílias a pedirem a intercessão do beato pela saúde de crianças. Nas Redes Sociais muitos pedidos por cura de doenças.

Ricardo Gomes - Diocese de Campos

Famílias de todo o Brasil começam a pedir a intercessão do Beato Carlo Acutis pelas crianças e adolescentes com problemas de saúde. Taiane Padilha Ramires relata com tristeza os problemas do filho Lorenzo Padilha Bertolo  de 7 anos e confia na intercessão do Beato Carlo Acutis. E confia na cura do filho que foi esperado pela família.

“Ele bate muito em mim, no irmãozinho menor e no padrasto. Ele quebra objetos durante as crises nervosas, portas de madeira, portas de vidro que por Deus não aconteceu o pior com ele. Imploro a Deus, a Nossa Senhora Aparecida a cura do meu filho e que ele se livre dos remédios que são drogas, irmãozinho Carlo Acutis interceda por mim querido, eu te peço com toda fé existente em mim pois a dor de ser agredida por um filho é mais intensa que a dor do parto.  Meu filho faz tratamento desde os 3 anos de idade. E como minha mãe foi atendida resolvi pedir ao Carlo que me auxiliasse com a cura do meu filho. A devoção começou esse mês mesmo, vi algo na tv, fui procurar sobre a historia dele na internet e quando vi a foto dele veio uma força em mim que eu senti que conhecia o Carlo de algum lugar e desde então venho pedindo a ele a cura do meu filhinho”, conta a mãe.

Lorenzo com a mãe
Lorenzo com a mãe

Carlo Acutis: sinal de esperança na Pandemia

Teresinha Monteiro, residente na Cidade de Cambuci (RJ) revela que o testemunho de vida de Carlo Acutis reforça a sua fé católica ao conhecer sua história de vida. Diante da Pandemia a beatificação é sinal de esperança para a humanidade neste tempo de Pandemia.  E um sinal para aumentar a fé em Jesus e Nossa Senhora. Teresinha ressalva a emoção da bênção para o Século XXI.

“Eu fiquei apaixonada por saber da sua história de vida! Que benção! Que coisa mais linda de ver e saber! Emociona-me muito em tudo que vejo no meu celular sobre esse jovem que ele mesmo se diz: estou predestinado a morrer e fala isso com alegria no coração. Meu Deus não tinha coisa melhor para  nós que estamos vivendo uma Pandemia que parece não ter fim e der repente surge esse santo Carlo Acutis e nos levanta e nos faz ter mais fé e muito mais amor por Jesus e Maria. Nós católicos podemos acreditar foi um presente raro! Bendito seja este servo de Deus que rogues a Deus por nós e principalmente pelos nossos jovens”, revela. 

Testemunhos e pedidos de graças

Nas Redes sociais já são inúmeros os testemunhos de graças alcançadas em todo o Brasil e suplicas ao Beato pela recuperação da saúde de jovens. O criador de uma pagina no Facebook revela que quando soube da beatificação e sentiu a inspiração de criar um grupo na rede social. José Benedito Dias Vieira reside em São Manuel interior de São Paulo revela a alegria de ajudar a difundir a devoção ao Beato. Em quatro semanas a página já tem mais de 6 mil seguidores do Brasil e de outros países.

O Beato na Redes Sociais
O Beato na Redes Sociais

“Eu vi uma postagem sobre um jovem que ia ser beatificado, e vi a data da beatificação! A partir daí me senti inspirado e comecei o grupo! Foi assim, simples como Carlo Acutis! Em quatro semanas já temos mais de 6 mil seguidores e temos pessoas no grupo que moram no exterior como Portugal, Inglaterra, Suíça, México e outros”, conta.

Em todo Brasil a devoção começa a aumentar com testemunhos de pessoas que estão aprendendo o valor da Eucaristia e da devoção a Nossa Senhora. Ana Paula Visnadi declara que Carlo Acutis já faz parte da vida de sua família e um exemplo de fé cristã.

“Carlo Acutis entrou em nossos corações e faz parte de nossa vida e de minha família... Um ótimo exemplo de vida Cristã que não poderia deixar de aparecer nessa Geração. Carlo Acutis é uma resposta de Deus á humanidade de sua existência, prevalência no meio de nós e dessa geração juvenil marcada por violências e incidências que sucumbem a pureza da alma”, ressalta.

Ana Paula Visnadi, Ibiporã (PR) destaca que Carlo Acutis aponta que a santidade é possível a todos e em especial os jovens que precisam aprender a viver no cotidiano. Um tempo de desafios é momento para viver a fé e certeza do amor de Deus. E confia ao beato a vida de sua filha Maria Clara Visnadi Alves Ribeiro, 12 anos que tem miopia e baixa visão.

“Minha filha tem baixa visão e miopia grave usa dez graus e meio em cada olho... e peço a intercessão por sua cura ou a possibilidade de cirurgia para cessar o avanço dessa miopia...Ela é adolescente e está maravilhada com a história e os exemplos de fé de Carlo Acutis.Desde então Carlo já faz parte da minha família e ocupa um lugar em nossos corações. Minha filha em suas orações diz para Carlo que deseja sua cura, mas que se tiverem outras pessoas com necessidades primordiais e urgentes que ela espera e confia que tudo será feito conforme a vontade de Deus”, relata  Ana Paula

Exemplo para a Juventude

“Carlo era um rapaz de nosso tempo, mais que comum usar roupas da moda atual, e utilizar a internet, que jovem do nosso tempo  usa”, disse Everton José.

Everton José Luís da Silva, 39 anos, de Uberaba (MG) destaca que jovem Beato Carlo Acutis ensina que é possível ser jovem e ter uma vida santa, dedicada ao Santíssimo Sacramento, sem deixar de ser como qualquer outro jovem, ter amigos, se divertir, viajar, praticar esportes etc. Ser como qualquer outro jovem, pois a Santidade é motivo para o que todos foram criados.

“O que me chama atenção é que ainda hoje, no meio de nós, surge santos, o que nos prova que não é algo fora do comum, ou inimaginável de conquistar, um santo dos nossos dias, que teve as mesmas dificuldades e medos inerentes de qualquer outro jovem de nosso tempo. Sim é possível viver a Santidade!.  Simples de coração, cuidava dos pobres, era amigo de verdade, suscitava  nas pessoas o amor pela igreja e Eucaristia.  Fez com que seus pais passasem a amar mais a igreja e se  abrissem para o amor de Deus”, conta Everton.

O Beato entre os jovens
O Beato entre os jovens

Na Comunidade de Aliança Rabi em Aperibé (RJ) os jovens estão refletindo sobre a vida do Beato Carlo Acutis que é modelo para todas as gerações. Para a fundadora da Comunidade Clédima de Aguiar de Carvalho buscar conhecer e imitar os exemplos de Carlo Acutis é apresentar a juventude um modelo de santidade, Clédima ressalta a simplicidade de Carlo Acutis que já cativou os jovens da comunidade a buscar seguir o exemplo de vida que transmite. Simples e ao mesmo tempo vivendo a santidade no cotidiano, sendo jovem e alegre.

“Ao contemplar as fotos do corpo de Carlo Acutis, eu, vi nele um exemplo belíssimo de santidade a ser conhecida pelos jovens e imitado por muitos. Então decidi me aprofundar, lendo e estudando sobre sua vida. Comprei o livro Não eu, mas Deus do Pe. Figueiredo que depois compartilhei para os jovens lerem. Muitas vezes, nossos jovens podem ficar com a impressão errônea que todos os santos levitavam se bilocavam, etc, quando na verdade isso não é essencial para santidade. A santidade se realiza também na simplicidade, no cotidiano da vida de um jovem que reza, vai a escola, estuda, joga com os amigos. Enfim, tem uma vida normal, sem, contudo deixar Deus em segundo plano. O segredo está em experimentar esse amor de Deus, buscar viver a radicalidade do Evangelho em meio a sociedade atual, sempre se lembrando do próximo. Sempre há alguém que precisa experimentar esse amor de Deus. Alguém necessitado de um gesto de amor, através do qual Cristo continua se revelando. Que esse exemplo possa ser seguido por muitas pessoas”, confessa Clédima.

A jovem Vitória Siqueira de Paula Rangel, 21 anos se encantou com a vida de Carlo Acutis e ressalta que o beato ensina que os jovens podem buscar a santidade com gestos simples e apesar da sua juventude e de sua pouca idade, soube usar até mesmo de suas tecnologias usadas na atualidade para levar Jesus aos corações.

“Sinto que foi uma dádiva enorme de Deus sobre minha vida no momento certo. Ele nos ensina que não precisamos deixar de ser jovens para ser Santo, seu coração era tão generoso e bondoso que não desperdiçava a oportunidade de ajudar além dos jovens, amigos e familiares, como também os mais necessitados. Vivia sempre das virtudes do próprio evangelho, da Eucaristia, da Santa Missa e principalmente a confissão diária. Carlo nos ensinou e ainda nos ensina todos os dias que é possível sim evangelizar, sendo que a nossa primeira missão é a nossa casa. E foi assim, e conhecendo mais a história dele, que passei a me aprofundar mais em minha missão como jovem, as idas todos os dias ao Santíssimo e mais encontros com a família”, conta Vitória.

A devoção da juventude
09 novembro 2020, 11:20