Busca

Vatican News
Iniciativas de conscientização sobre a Covid-19 na República Democrática do Congo Iniciativas de conscientização sobre a Covid-19 na República Democrática do Congo  (AFP or licensors)

RDC: salesiano é premiado por seu compromisso na luta contra a Covid-19

Ao acolher o diploma de mérito, o pe. Albert Kabuge sublinhou que o reconhecimento deve ser estendido a toda a Inspetoria da África Central e à Família Salesiana na República Democrática do Congo que se moveu como um só corpo na luta contra o novo coronavírus.

Vatican News

O superior da Inspetoria Salesiana “Nossa Senhora da Assunção” na África Central, pe. Albert Kabuge, recebeu um prêmio por seu compromisso na luta contra a Covid-19 na República Democrática do Congo (RDC).

Ouça e compartilhe

Trata-se de um diploma de mérito concedido pelo Ministério da Saúde da Província do Alto Katanga em colaboração com a Ong “Dynamique Internationale des Activistes des Droits Humains” (Diadh) por “sua valiosa contribuição à República Democrática do Congo e à Província do Alto Katanga em particular, pelo seu compromisso, sua dedicação à conscientização e sua contribuição na luta contra a Covid-19”. Segundo a agência de informação salesiana ANS, o prêmio foi entregue ao sacerdote, no mês passado, na cidade congolesa de Lumumbashi.

Ao acolher o diploma de mérito, o pe. Kabuge sublinhou que o reconhecimento deve ser estendido a toda a Inspetoria da África Central e à Família Salesiana na República Democrática do Congo que se moveram como um só corpo na luta contra o novo coronavírus. Com efeito, desde março de 2020, a Família Salesiana local está comprometida em várias iniciativas de conscientização, solidariedade e assistência destinadas a salvar vidas humanas e a ajudar as pessoas mais afetadas pelas consequências da pandemia.

Este ano, além deste prêmio, pe. Kabuge recebeu outras duas homenagens públicas: um prêmio de liderança juvenil e outro de difusão do espírito missionário, entregues pela organização “Congo Avenir”, em 18 de julho de 2020, e pelo “Sindicato da Juventude pelo Trabalho e pela Democracia” (Syied), em setembro passado.

“Estes prêmios e as iniciativas realizadas em conjunto recordam a toda a Família Salesiana da África Central de agradecer a todos os benfeitores que acompanharam as nossas ações de assistência aos que sofreram. Agora cabe a todos nós continuarmos conscientizando a população da necessidade de viver com prudência”, concluiu pe. Kabuge.

Vatican News Service - LZ/MJ

30 outubro 2020, 11:07