Busca

Vatican News

Vietnã. "Com Deus e com o povo de Deus": missão dos novos sacerdotes Lazaristas

“A ordenação presbiteral é uma celebração sagrada e de alegria para toda a comunidade e para toda a Igreja, porque os sacerdotes são dons de Deus”, disse dom Nguyen Van Manh, que recordou as duas dimensões do sacerdócio: estar com Deus e com o povo de Deus. O bispo frisou que os sacerdotes são seres humanos que precisam da graça de Deus sobretudo na tentação. “Somente com a graça de Deus e em oração os sacerdotes podem permanecer fiéis e vigilantes”

Vatican News

Ouça e compartilhe

Apesar da difícil situação causada pela pandemia da Covid-19, a província vietnamita da Congregação da Missão (os chamados “Padres Lazaristas”) continua colhendo os frutos de uma intensa pastoral vocacional. Os recentes eventos que marcaram o verão da comunidade vicentina no Vietnã, gerando nova esperança para a missão evangelizadora, testemunham isso.

Ordenação sacerdotal de oito diáconos vicentinos

Segundo comunicou a Província vicentina no Vietnã à agência missionária Fides, em 22 de junho, na igreja do Sagrado Coração de Jesus em Dalat – casa mãe da Província vietnamita da Congregação da Missão –, o bispo da Diocese de Dalat, dom Dominique Nguyen Van Manh, presidiu uma solene concelebração para a ordenação sacerdotal de oito diáconos vicentinos, com a participação de mais de cem sacerdotes.

“A ordenação presbiteral é uma celebração sagrada e de alegria para toda a comunidade e para toda a Igreja, porque os sacerdotes são dons de Deus”, ressaltou o bispo no início da missa.

Em sua homilia, dom Nguyen Van Manh, dirigindo-se aos candidatos que ordenaria logo em seguida, recordou as duas dimensões do sacerdócio: estar com Deus e com o povo de Deus.

Lembrando que “São Pedro venceu sua fraqueza através do amor e do perdão de Jesus”, o bispo enfatizou que os sacerdotes são seres humanos que precisam da graça de Deus sobretudo na tentação. “Somente com a graça de Deus e em oração os sacerdotes podem permanecer fiéis e vigilantes”, recordou.

Profissão dos votos perpétuos de onze seminaristas

Na mesma casa mãe, em 24 de julho, o bispo da Diocese de My Tho, dom Peter Nguyen Van Kham, e o visitador da Província vietnamita da Congregação da Missão, padre Peter Nguyen Cong Tuan, CM, presidiram a celebração na qual foi feita a profissão dos votos perpétuos de onze seminaristas da Congregação da Missão.

Todos os presentes – mais de cem coirmãos vicentinos – rezaram a fim de que em breve possam ser ordenados diáconos. Além disso, em 7 de agosto, dez seminaristas pronunciaram com alegria seus “bons propósitos”, após um ano de noviciado.

Ao mesmo tempo, dezenove jovens pediram para ser admitidos no noviciado para aprender a viver como discípulos de Jesus, segundo o carisma de São Vicente de Paulo.

Chegada dos lazaristas ao Vietnã

Os primeiros missionários lazaristas chegaram ao Vietnã em 1952 e em 1955 foi aberta a primeira casa dos religiosos em Dalat, engajando-se, entre outras coisas, na missão em meio aos povos indígenas chamados “montagnards”.

Hoje os Lazaristas têm uma província autônoma no Vietnã, dividida em duas regiões, entre Dalat e Saigon, e há 91 sacerdotes, cerca de 20 membros, incluindo seminaristas e irmãos leigos.

Deve-se notar que antes dos religiosos, as três primeiras Filhas da Caridade religiosas francesas chegaram ao país em 1928, trazendo ao Vietnã o carisma de São Vicente na evangelização e no serviço aos pobres.

Congregação fundada por São Vicente de Paulo

A Congregação da Missão, CM, foi fundada por São Vicente de Paulo em 1625. Seus membros são também chamados de “Lazaristas” devido à sua origem no Priorado de São Lázaro em Paris. Em muitos países são conhecidos como “Vicentinos”.

Atualmente, os Vicentinos no mundo são mais de três mil divididos em mais de quinhentas comunidades locais em noventa e um países nos cinco continentes.

A Congregação da Missão é uma “sociedade de vida apostólica” composta por sacerdotes e irmãos, consagrados à evangelização dos pobres através dos votos. A principal atividade dos religiosos constitui-se em missões populares, a formação de sacerdotes e leigos, retiros espirituais, formação nos seminários, missão ad Gentes e o serviço concreto aos pobres.

(Fides)

28 agosto 2020, 09:51