Busca

Vatican News
D. Jorge Ortiga, São Miguel de Cabreiros D. Jorge Ortiga, São Miguel de Cabreiros 

Portugal: “Temos que amar esta igreja a partir do Papa Francisco”

Desafio lançado por D. Jorge Ortiga, Arcebispo de Braga, que presidiu à missa comemorativa dos 50 anos da inauguração da igreja paroquial de São Miguel de Cabreiros.

Domingos Pinto - Lisboa

“Sintamo-nos também em comunhão com o Papa Francisco,” e “a palavra de ordem que ele tem comunicado e que a nossa arquidiocese de Braga tem assumido e quer de novo continuar a viver, é comprometermo-nos todos na renovação da igreja”.

Ouça e compartilhe!

Palavras de compromisso que marcaram a homilia do arcebispo de Braga na missa que presidiu no último domingo, 23 de agosto, comemorativa dos 50 anos da sagração e inauguração da igreja paroquial de São Miguel de Cabreiros, do Arciprestado de Braga.

Por força da pandemia da Covid-19, uma celebração restritiva às pessoas que marcaram sobretudo a vida desta comunidade cristã, com a presença do pároco de Cabreiros que esteve na génese da Nova Igreja, o padre Henrique da Costa Macedo, atualmente com 90 anos, bem como do “encarregado da obra”, Abílio Silva, de 81 anos, e do presidente da Junta da União de Freguesias de Cabreiros e Passos S. Julião, José Silva.

Uma celebração transmitida pela TVI assinalada já no final pelo simbolismo da troca de prendas alusivas à data comemorativa, e ainda pelo descerramento na parede da igreja de uma placa alusiva à efeméride.

Para D. Jorge Ortiga, «não basta ser discípulo do Senhor, temos quer ser missionários de Jesus, a renovação da Igreja passa também por aqui, pela tarefa de diariamente construir a Igreja».

“Hoje a igreja tem que se questionar sobre aquilo que ela deve ser”, sublinhou o prelado que considera que “temos que amar esta igreja a partir do Papa Francisco”, ou seja, “precisamos de ser pessoas corresponsáveis nos destinos da igreja”.

“Infelizmente nós os cristãos não conhecemos profundamente Jesus Cristo, não chegamos a esta experiência de comunhão profunda com ele, e deveríamos sentir esta necessidade interior de o procurar conhecer”, disse ainda D. Jorge Ortiga que deixou um alerta: “Falta-nos muito uma adesão pessoal ao Senhor Jesus”.

A Nova Igreja de Cabreiros foi sagrada e inaugurada em 23 de agosto de 1970 pelo Arcebispo de Braga D. Francisco Maria da Silva.

24 agosto 2020, 09:45