Busca

Vatican News

Medjugorje. Dom Hoser: "após 40 anos de controvérsias, situação está melhorando"

Para o visitador apostólico, “a abordagem da Santa Sé em relação a Medjugorje é muito boa e positiva, mas a Igreja age de modo tranquilo e lentamente”. “Medjugorje é de fato um 'santuário internacional', mas juridicamente ainda somos apenas uma paróquia e não temos o título de santuário, nem nacional nem internacional”, pondera o arcebispo polonês. A seu ver, “a situação está melhorando cada vez mais e uma prova disso é também sua presença”

Vatican News

Ouça e compartilhe

“Há 40 anos, há controvérsias sobre o tema de Medjugorje, relativas à questão das aparições, mas também em relação à atividade pastoral.”

Foi o que afirmou o visitador apostólico em caráter especial da paróquia de Medjugorje, na Bósnia-Herzegóvina, dom Henryk Hoser, durante a coletiva de imprensa de abertura do tradicional Festival da Juventude, inaugurado em 1º de agosto.

Vinde e vede

O arcebispo polonês observou que “alguns são fervorosos apoiadores de Medjugorje, outros são contra, mas a eles respondo: 'Venham e vejam' e vocês poderão testemunhar”.

Dom Hoser contou que “desde maio de 2019, quando caiu a proibição para sacerdotes e bispos de organizar peregrinações, tivemos muitos cardeais, bispos e arcebispos, mas a pandemia interrompeu tudo”.

Medjugorje: Igreja age de modo tranquilo e lentamente

“Não sabemos quantas pessoas poderão vir agora, quantas poderão atravessar a fronteira com o teste do coronavírus que certifica a saúde em ordem”, ressaltou.

Segundo o visitador apostólico que está no cargo há dois anos, “a abordagem da Santa Sé em relação a Medjugorje é muito boa e positiva, mas a Igreja age de modo tranquilo e lentamente”.

Situação está melhorando cada vez mais

“Medjugorje é de fato um 'santuário internacional', mas juridicamente ainda somos apenas uma paróquia e não temos o título de santuário, nem nacional nem internacional”, ponderou o arcebispo.

A seu ver, “a situação está melhorando cada vez mais e uma prova disso é também sua presença”. “O novo bispo de Mostar, dom Petar Palic, também ajudará a melhorar a situação”.

Papa enviou mensagem aos jovens de Medjugorje

De fato, Medjugorje pertence ao território da Diocese de Mostar-Duvno. Apesar da pandemia, também este ano muitos jovens se reuniram para o Festival sob o lema “Vinde e vede” (Jo 1,39), no lugar espiritual da Bósnia-Herzegóvina, entre os quais também jovens de outros países europeus.

Para a ocasião, o Papa Francisco este ano enviou uma mensagem especial proclamada pelo núncio na Bósnia-Herzegóvina, dom Luigi Pezzuto.

(Sir)

03 agosto 2020, 14:21