Busca

Vatican News
Pequeno altar levantado em meio aos escombros da casa de Claudette Yuhanna Saade, morta com a onda de choque provocada pela explosão no porto de Beirute Pequeno altar levantado em meio aos escombros da casa de Claudette Yuhanna Saade, morta com a onda de choque provocada pela explosão no porto de Beirute  (AFP or licensors)

A solidariedade da Custódia da Terra Santa ao Líbano

Em uma carta, a Custódia da Terra Santa faz votos "de que possa haver um movimento de solidariedade entre as nações, para que o necessário apoio financeiro, logístico e de outras modalidades sejam fornecidos o mais breve possível para ajudar o povo libanês neste momento tão difícil”.

Vatican News

Em uma carta assinada pelo Frei Michael Perry, ministro geral da Custódia da Terra Santa, os franciscanos desejam expressar sua solidariedade aos confrades que vivem no Líbano e a todo o povo libanês que sofre após a terrível explosão no porto de Beirute ocorrida em 4 de agosto último.

“A perda de vidas inocentes, o sofrimento de tantos feridos e a devastadora destruição de bens, que deixou centenas de milhares de pessoas em um teto, podem criar um sentimento de desespero - diz a mensagem publicada no site da Custódia da Terra Santa. - A crise da nova pandemia do coronavirus e o colapso da ordem política acentuam a ansiedade e ameaçam criar um vácuo de poder que pode levar a mais sofrimento e incerteza”.

“Transmitimos aos nossos irmãos franciscanos, às comunidades cristãs que servem, aos vários líderes das Igrejas cristãs e a outros líderes religiosos, a nossa sincera preocupação e a nossa oferta de oração, para que Deus dê luz, coragem e força ao povo libanês. Nossos votos é de que possa haver um movimento de solidariedade entre as nações, para que o necessário apoio financeiro, logístico e de outras modalidades sejam fornecidos o mais breve possível para ajudar o povo libanês neste momento tão difícil”.

Frei Perry conclui com um apelo apara que as demais entidades franciscanas da Ordem também ajudem financeiramente, sempre que possível, trabalhando em estreita colaboração com a Custódia, "que está ao serviço dos mais necessitados".

Vatican News Service - RB

Pequeno altar em memória de vítima da explosão
Pequeno altar em memória de vítima da explosão
26 agosto 2020, 14:23