Busca

Vatican News

Evangelho de 3 de agosto

Dom Mário Spaki comenta o Evangelho de Mateus 14,22-36

Depois da multiplicação dos pães, Jesus mandou que os discípulos entrassem na barca e seguissem, à sua frente, para o outro lado do mar, enquanto ele despediria as multidões. Depois Jesus subiu ao monte para rezar, a sós.

Como viver esse Evangelho no dia de hoje?

Os pequenos gestos de delicadeza demonstram quanto amor temos no coração. Jesus poderia ter dado um tchau único e geral para todos, afinal já tinha multiplicado os pães para a multidão, mas Deus ama as pessoas uma a uma. Quanta ternura passava pelo coração de Jesus ao fitar os olhos daquelas pessoas. Faça o mesmo com as pessoas do seu convívio.

03 agosto 2020, 08:30