Busca

Vatican News
Padre Ricardo António Cortez, reitor de seminário em El Salvador Padre Ricardo António Cortez, reitor de seminário em El Salvador 

Reitor do Seminário Romero é assassinado em El Salvador

A terra de El Salvador volta, mais uma vez, a ser banhada por sangue inocente: nesta sexta-feira (7) foi assassinado um "bom pastor", Pe. Ricardo Cortez, no coração do país da América Central. Pesar da diocese de Zacatecoluca, na qual era guia espiritual dos seminaristas e muito amado pela comunidade de fiéis. O homicídio ocorre no ano do Jubileu dos Mártires e no 40º aniversário do assassinato de São Oscar Romero.

Gabriella Ceraso - Vatican News

Ouça a reportagem e compartilhe

Um ato "vil" e um "crime execrável" inexplicáveis: é o que se lê em um comunicado da Diocese de Zacatecoluca, em El Salvador, ao expressar toda a tristeza pela notícia do falecimento do Padre Ricardo António Cortez, reitor do Seminário Filosófico "Santo Óscar Arnulfo Romero" e sacerdote diocesano.

Um homem bom e afável

O sacerdote teria sido assassinado na manhã desta sexta-feira (07/8), atingido por balas, enquanto dirigia seu carro, a cerca de 80 quilômetros de Tecoluca, território de Ramón Grifal, em São Vicente. Seu corpo, sem vida, foi encontrado ao lado do veículo, estacionado à beira da estrada. A Polícia Nacional Civil e o Ministério Público estão investigando o caso. As exéquias do sacerdote serão celebradas neste sábado (08/8) e o sepultamento será neste domingo (09/8).

Um “ato execrável”

A incredulidade pelo triste crime é expresso, em um comunicado, junto aos pêsames do bispo, sacerdotes, religiosos e fiéis da diocese de Zacatecoluca: “Padre Ricardo era um homem bom, afável, integrado em sua comunidade e dedicado à formação e ensino dos seminaristas, bem como aos cuidados dos fiéis diocesanos. Por isso, este assassínio é 'inexplicável'. O sangue inocente de um "sacerdote bondoso" – lê-se ainda na nota - "continua a ensanguentar a terra de El Salvador", sobretudo neste ano em que se celebra o Jubileu dos Mártires, a comemoração dos 40 anos do assassinato de Dom Oscar Romero e também o aniversário do martírio do Padre Cosme Spessotto e outros irmãos”.

A diocese agradece aos que estão investigando o caso e comunica o programa das celebrações do último adeus a este “bom pastor” que todos conheciam como um homem totalmente “dedicado às suas ovelhas”.

08 agosto 2020, 12:41