Busca

Vatican News
Fiel muçulamano em oração Fiel muçulamano em oração 

Na festa muçulmana do sacrifício a mensagem de fraternidade dos bispos franceses

Por ocasião de Eid al-Adha, os prelados recordam o sofrimento causado pelo coronavírus e a unidade dos credos, diante da pandemia, na preservação do bem comum através de uma atitude cívica comum.

Isabella Piro - Vatican News

É uma mensagem que convida à unidade e à fraternidade a que os bispos da França dirigiram aos muçulmanos, que neste dia 31 de julho celebram Eid al-Adha, a "Festa do Sacrifício". No documento episcopal, assinado pelo padre Vincent Feroldi, diretor do Serviço Nacional para as relações com os muçulmanos, recorda-se que o sofrimento causado pela pandemia do coronavírus aproximou o mundo católico e islâmico: "Fiéis no Único Deus, tivemos que combinar a prática de nossas respectivas crenças com uma atitude cívica comum para preservar o bem e a vida de todos - sublinha a mensagem - confinados, tivemos que nos reinventar para continuar a viver a atitude fundamental do crente, que é estar em relação com Deus através da oração, prestar muita atenção ao nosso próximo através da escuta, da partilha, da solidariedade e da preocupação, e promover a vida em todas as suas formas”.

O agradecimento àqueles que lutaram contra a Covid

Os bispos franceses recordam com tristeza a morte de tantas pessoas infectadas pela Covid-19 e agradecem "àqueles que fizeram tantos esforços de dedicação e altruísmo: médicos, enfermeiros, motoristas de ambulância, lojistas, professores, funcionários municipais...". Mas mesmo neste contexto difícil – prossegue a mensagem -, "encontramos novas e belas maneiras de estar em comunhão uns com os outros no momento das grandes festas religiosas, sejam elas cristãs, muçulmanas ou hebraicas", dedicando também "mais tempo à leitura e à meditação dos nossos Textos Sagrados". Agora, porém, que voltamos a viver plenamente as festividades religiosas, a esperança dos bispos franceses é que "possa continuar a dinâmica iniciada durante todo o período de lockdown entre os líderes das diversas tradições religiosas presentes na França, a fim de superar, junto com todos os nossos concidadãos, a pandemia do coronavírus". A oração a "Deus Todo-Poderoso" é que "ele nos mantenha unidos na confiança para continuar nossa peregrinação na terra, trabalhando para torná-la mais fraterna e solidária a cada dia". "Feliz festa de Eid al-Adha! - conclui a mensagem - Deus abençoe vocês, suas famílias e suas comunidades".

31 julho 2020, 10:01