Busca

Vatican News
Sacerdotes filipinos em Caloocan Metro, Manila Sacerdotes filipinos em Caloocan Metro, Manila 

Arcebispo de Manila reitera o não às confissões online

Dom Broderick Pabillo recordou que os sacerdotes podem "oferecer conselhos espirituais aos penitentes", orientar para o perfeito Ato de Contrição, mas são proibidos de ouvir confissões on-line ou por telefone: o sigilo e a sinceridade da confissão devem ser protegidos.

Vatican News

Ouça e compartilhe!

"A Internet nunca poderá substituir as confissões face a face", afirmou o administrador apostólico da Arquidiocese de Manila, Dom Broderick Pabillo, referindo-se ao uso que a Igreja Católica fez da Internet como instrumento para poder estar perto dos fiéis neste tempo de pandemia. "Os ritos de penitência exigem um diálogo pessoal entre o penitente e seu confessor", reiterou o prelado.

Dom Pabillo explicou à Agência de notícias católicas do episcopado das Filipinas (CBPC) que não se trata apenas de um diálogo interpessoal, mas também "do sigilo e da sinceridade da confissão que devem ser protegidos".  Para alguns, as normas implementadas pelo governo para conter a epidemia de coronavírus, teriam aberto as portas para a alternativa do uso da internet e mídias sociais para iniciar conversas de reconciliação de longe.

O bispo recordou que os sacerdotes podem "oferecer conselhos espirituais aos penitentes", mas são proibidos de ouvir confissões on-line ou por telefone. De fato, as medidas físicas de distanciamento não apenas impediram aos sacerdotes de celebrar Missas públicas, mas também o atendimento de confissões foi interrompido.

Nesse contexto, o Sacramento da Reconciliação, tão importante para todos os fiéis e, em particular, para um paciente em quarentena, pode ser compensado - afirmou Dom Pabillo, por um "Ato de perfeita Contrição", com a qual o pecador obtém o perdão de seus pecados antes de confessar.

No entanto, o prelado de Manila também afirmou que, neste momento, os sacerdotes podem usar o telefone para pelo menos dar uma bênção e mesmo orientar uma pessoa no ato de uma perfeita contrição. Nesse sentido, enfatizou que a perfeita contrição ocorre quando uma pessoa expressa fé e amor a Deus acima de todas as coisas e decide fazer uma Confissão sacramental. “Um ato de perfeita contrição sempre fez parte da nossa tradição católica. Deus está sempre presente para nós, mesmo quando o Sacramento da Reconciliação não é possível”, explicou.

A proibição de confissões on-line está contida em um documento publicado pela Arquidiocese de Manila nestes dias, onde são estabelecidas diretrizes para a preparação de paróquias quando serviços religiosos não são permitidos.

De fato, os confessionários foram remodelados para permitir o distanciamento físico, enquanto os sacerdotes e penitentes devem usar máscaras. "Se isso não puder ser feito - explicou Dom Pabillo -, os sacerdotes podem ouvir as confissões fora do confessionário, a uma distância de um metro do penitente."

O prelado acrescentou que as paróquias também podem organizar uma série de "kumpisalang bayan" (confissões coletivas) com serviço penitencial para permitir que as pessoas confessem. (ATD)

Ao visitar famílias, sacerdote batiza  criança na periferia de KManila
Ao visitar famílias, sacerdote batiza criança na periferia de KManila
11 maio 2020, 07:11