Busca

Vatican News
Inundações na área de Nam Phuong Tien Inundações na área de Nam Phuong Tien  (ANSA)

Católicos vietnamitas socorrem vítimas das inundações no norte do país

"Os moradores passarão fome nos próximos meses porque perderam todas as colheitas" e toda sua criação. 600 famílias tiveram suas casas destruídas ou danificadas e, em diversas circunstâncias, viram-se obrigadas a buscar abrigo nos chiqueiros destinados aos porcos", relatou padre Peter Phan Kim Huan, pároco da igreja Pho Lu em Lao Ca.

Vatican News

Inundações e deslizamentos de terra provocados por fortes chuvas e ventos entre 22 a 24 de abril, atingiram as províncias de Dien Bien, Ha Giang, Lai Chau, Lao Cai, Son La e Yen Bai no norte do país, provocando a morte de cinco pessoas, uma desaparecida e 37 feridos. Os católicos do norte imediatamente se mobilizaram para ajudar milhares de moradores que viram suas casas e plantações sofrerem grandes danos pelas enchentes e granizo.

Entre eles, está padre Peter Phan Kim Huan, pároco da igreja Pho Lu em Lao Cai, que contou à UCA News que seu paroquianos distribuíram comida para dezenas de etnias Dao, Hmong e Kinh. Cada família recebeu 25 kg de arroz, um pacote de macarrão instantâneo e dinheiro.

A ajuda - acrescentou o sacerdote - veio do padre Francis Xavier Nguyen Duc Dai, da Paróquia de Huu Bang, na Província de Bac Ninh, e do padre Joseph Hoang Quoc Oai, missionário Oblato de Maria Imaculada que trabalha na província, desejosos de "compartilhar amor e solidariedade com nossos irmãos e irmãs em dificuldade e contribuir para aliviar seu sofrimento".

"Os moradores passarão fome nos próximos meses, porque perderam todas as colheitas" e toda sua criação, explicou o padre Huan. 600 famílias tiveram suas casas destruídas ou danificadas e, em diversas circunstâncias, viram-se obrigadas a se refugiar nos chiqueiros destinados aos porcos.

Diante da calamidade, grupos católicos locais imediatamente se mobilizaram e conseguiram arrecadar fundos para as vítimas. Mary Nguyen Thi Ky, da paróquia de Muong So, afirmou à UCA News que sua comunidade doou 30 milhões de dong (US$ 1.287), arroz, macarrão instantâneo, sal, roupas, cobertores, telas, mosquiteiros e  plástico para cobrir os telhados.

Os habitantes locais contaram como essa foi a tempestade de granizo mais forte da região em 50 anos, com pedras do granizo do tamanho de ovos que destruíram tudo, e agora há uma necessidade desesperada de lonas para cobrir as casas danificadas e se abrigar do mau tempo.

O padre Huan, que começou a trabalhar naquela região em 2016, recordou que todos os anos essas áreas são afetadas por desastres naturais - inundações, tempestades e deslizamentos de terra - provocados ​​pelas mudanças climáticas devido ao desmatamento desenfreado, à construção de usinas hidrelétricas e à extração mineral maciça.

Casa no Distrito de Chuong My
Casa no Distrito de Chuong My
30 abril 2020, 07:33