Busca

Vatican News
A nova plataforma streamig da Comece A nova plataforma streamig da Comece 

Nasce plataforma para Missas ao vivo dos santuários europeus

Seguir as recomendações do Papa de estar próximos dos que gostariam de participar das funções religiosas, mas não podem. Este é o objetivo pelo qual os bispos europeus criaram a este novo projeto na internet

Gabriella Ceraso – Cidade do Vaticano

Faltando poucos dias para a Páscoa, coração do Ano Litúrgico, a Comissão dos Episcopados da União Europeia (Comece), seguindo as recomendações do Papa de proximidade e união íntima com o povo dos fiéis obrigatoriamente afastados por causa da pandemia, apresenta nesta Quinta-feira Santa um grande projeto de serviço on line de oração.

Trata-se do "SanctuaryStreaming.eu", uma plataforma que faz conexão entre santuários e igrejas católicas na Europa em streaming ao vivo. Deste modo responde-se à exigência de muitos fiéis que por causa das medidas de prevenção contra o Covid-19 neste ano não podem fazer suas habituais orações nos lugares de culto.

Descubra a nova plataforma

O site web no qual estão 28 santuários de 17 países, incluindo o Vaticano, mostra o desejo de solidariedade, comunhão e unidade da Igreja, assim explica o responsável de comunicação da Comece, Alessandro di Maio:

R. O objetivo da Plataforma é o ir ao encontro dos fiéis que gostariam de rezar na igreja ou nos Santuários, mas não podem fazê-lo porque são obrigados ao confinamento devido as medidas de prevenção adotadas pelos governos europeus. A ideia inicial foi do cardeal Hollerich e do monsenhor Alain Paul Lebeaupin, respectivamente presidente da Comece e Núncio Apostólico junto à União Europeia. A partir da metade de março, com o aumento das medidas governamentais de lockdown, começaram a considerar esta ideia. Fizemos o possível para lançar antes da Páscoa e esperamos que o site possa ser útil a muitos fiéis. Temos como objetivo melhorar já nas próximas semanas, aumentando o número de línguas e transmissões ao vivo.

O projeto é dos Bispos europeus: atualmente, nesta situação de emergência, qual é a principal preocupação?

R. Deriva da vontade de difundir o espírito de solidariedade, de comunhão, de unidade da Igreja na Europa. Em tudo isso a construção de uma plataforma on line deste tipo é uma pequena contribuição, certamente, mas faz parte das atividades de missão, de apoio aos povos europeus que tem como objetivo o crescimento do espírito de solidariedade, o crescimento pessoal, familiar e social, principalmente em um contexto emergencial como o da atual pandemia. 

09 abril 2020, 13:02