Busca

Vatican News

Covid-19: Igreja em Mianmar oferece estruturas e faz campanhas de sensibilização

"O governo está procurando conter a pandemia de coronavírus e faremos o melhor possível, unindo as forças na luta contra o Covid-19, ao lado do resto do mundo”, disse o bispo Alexander Pyone Cho

Vatican News

Em Mianmar os casos de coronavírus aumentam gradualmente e o mundo católico do país está desempenhando um papel fundamental na luta contra o vírus.

A equipe de coordenação nacional da Igreja para Covid-19, liderada pelo cardeal Charles Bo, bispo de Yangon, além de se empenhar em campanhas de prevenção e de conscientização sobre a pandemia, oferecerá centros para a quarentena  nas 16 dioceses do país, nas proximidades dos hospitais administrados pelo governo, em colaboração com os vários setores da saúde pública.

A equipe - que realizará campanhas de sensibilização pela Rádio Veritas Asia e pela página do Facebook do escritório de comunicação social - foi instituída em Yangon em 30 de março e é composta pelos bispos da Caritas Myanmar, por uma comissão de saúde, por médicos católicos e por membros da Conferência Episcopal (CBCM).

"O governo está procurando conter a pandemia de coronavírus e faremos o melhor possível, unindo as forças na luta contra o Covid-19, ao lado do resto do mundo”, disse o bispo Alexander Pyone Cho, chefe da comissão de saúde da CBCM, segundo relatado pela UCA News.

Desde a semana passada, as dioceses suspenderam as Missas diárias e dominicais, assim como as outras cerimônias litúrgicas, e os católicos foram convidados a acompanhar as celebrações do domingo e da Semana Santa, usando as redes sociais.

Em 31 de março, o Ministério da Saúde registrou 15 casos de Covid-19 no país.

02 abril 2020, 07:29