Busca

Vatican News
Mosaico de Nossa Senhora com o Menino Jesus no Palácio Apostólico, no Vaticano Mosaico de Nossa Senhora com o Menino Jesus no Palácio Apostólico, no Vaticano  

Neste 1º de maio a Consagração da Itália à Mãe de Deus

O ato de entrega e consagração a Virgem Maria será realizado nesta sexta-feira, 1º de maio, às 21h, com um momento de oração na Basílica de Santa Maria del Fonte, perto de Caravaggio, na Diocese de Cremona, Província de Bérgamo, informa a Conferência Episcopal Italiana.

Vatican News

“Recebi mais de 300 cartas repletas de amor e devoção à Virgem Maria, perguntando: por que não consagrar nossa nação ao Imaculado Coração de Maria, todas as pessoas que sofrem com essa epidemia, todas as que trabalham em hospitais e quem tem que cuidar da pessoa ao lado?"

Ouça e compartilhe!

É o que conta em uma mensagem em vídeo o presidente da Conferência Episcopal Italiana (CEI), cardeal Gualtiero Bassetti, que acolhendo a proposta e a solicitação de muitos fiéis, decidiu juntamente com o episcopado, confiar à Mãe de Deus toda a nação italiana, para protegê-la e salvá-la da pandemia de coronavírus.

O ato de entrega e consagração - informa uma nota - será realizado nesta "sexta-feira, 1º de maio, às 21h, com um momento de oração na Basílica de Santa Maria del Fonte, perto de Caravaggio, na Diocese de Cremona, Província de Bérgamo.

"A escolha da data e do local é extremamente simbólica - explica a nota - maio é, de fato, o mês tradicionalmente dedicado à Nossa Senhora e começar o mês com um Ato de entrega a Maria, na situação atual, adquire um significado muito particular para toda a Itália, em especial para os doentes, os profissionais de saúde e médicos, as famílias, os falecidos".

O local escolhido - continua a nota - "incorpora o sofrimento e a dor vividos em uma terra severamente provada pela emergência sanitária", mas não só: 1º de maio é também a Festa de São José Operário, esposo de Maria. A ele, em particular, a CEI "confia os trabalhadores, consciente das preocupações e dos temores com que muitos olham para o futuro".

21 abril 2020, 08:09