Busca

Vatican News
Visita do Papa a Pietrelcina e San Giovanni Rotondo em março de 2018 Visita do Papa a Pietrelcina e San Giovanni Rotondo em março de 2018  (AFP or licensors)

Hospital de Padre Pio recebe doações: podem faltar os sacramentos, não a caridade

As doações são para ajudar a Casa Alívio do Sofrimento, hospital fundado por Padre Pio di Pietrelcina, há quase 65 anos, que hoje se encontra na linha de frente para ajudar na emergência do Covid-19. “Neste ano, estamos vivendo uma Quaresma que mais que litúrgica é de realidade”, afirma Dom Moscone, presidente da instituição sanitária, que pede ajuda pela caridade: é a “certeza da vida cristã. Quando podem faltar tantas coisas, inclusive os sacramentos, o que nunca irá faltar é a caridade”.

Elvira Ragosta, Andressa Collet – Cidade do Vaticano

Ouça a reportagem e compartilhe

Os primeiros casos de Covid-19 começaram a chegar na Casa Alívio do Sofrimento, na cidade de San Giovanni Rotondo, ao sul da Itália, já no início do mês de março. O hospital, idealizado e fundado por Padre Pio di Pietrelcina, precisou então se reorganizar para se adequar ao Plano Hospitalar Coronavírus da Província de Foggia.

O arcebispo de Manfredonia-Vieste-San Giovanni Rotondo, Dom Franco Moscone, que também é presidente da instituição sanitária, explica que o hospital realiza um serviço público de alta qualidade, mas, “não sendo de propriedade do Estado, tem menos capacidade de poder receber sejam os subsídios públicos como aqueles que a Proteção Civil poderia enviar”. Com essas limitações, o hospital tem feito de tudo para se abastecer com os equipamentos individuais de proteção e, por isso, lançou “uma campanha de sensibilização para arrecadar apoio, recursos e materiais. E preciso dizer que estamos tendo uma resposta bastante generosa”, afirma o arcebispo.

As doações continuam

A campanha para arrecadar fundos foi ativada pelas necessidades do hospital, que vão desde máscaras a higienizadores e até aos respiradores. Dom Moscone comenta que “a resposta existe, às vezes parece quase a conta-gotas, mas, até agora, devemos agradecer a Providência e a boa alma de tantas pessoas e instituições que conhecem a Casa Alívio e chegaram em tempo para cobrir momentos de grande urgência e preocupação”.

Um alojamento para os médicos e curados

A atenção não é dirigida somente aos tratamentos, mas também à segurança de pacientes e médicos. Para proteger as famílias dos agentes de saúde mais diretamente expostos, empenhados na UTI, o hospital tem destinado um alojamento próximo, a “Casa São Francisco”. O presidente acrescenta que, além disso, estão buscando outras duas estruturas “para os pacientes curados de coronavírus, mas que precisam de um período de quarentena de segurança, antes de entrar em casa junto às suas famílias”.

Nas pegadas de São Pio: a caridade

“A caridade é a rainha das virtudes” é uma frase de Padre Pio que o arcebispo usa para refletir sobre o quão é importante a caridade neste período de contraste contra a pandemia:

“Transforma-se na certeza da vida cristã. Quando podem faltar tantas coisas, inclusive os sacramentos, o que nunca irá faltar é a caridade. Penso, sobretudo, a quem trabalha diretamente nestes setores, em todos aqueles em campo, de maneiras diferentes, médicos, enfermeiros, quem distribui os bens necessários, colocando de alguma foram a própria vida em risco. Em maneiras diversas, essa é a expressão de caridade, diria inclusive, em alguns casos, de martírio.”

Vivemos uma Quaresma real

O presidente do Hospital de Padre Pio afirma que “este é um período de êxodo, de Quaresma. Não sabemos quanto vai durar, mas devemos manter certa esperança que chegaremos para a Páscoa. Talvez não será o 12 de abril, aquela data litúrgica do calendário, mas a Páscoa verdadeira da vida, que é a vitória da vida sobre a morte, que é a certeza da vitória e da salvação”. E Dom Moscone finaliza:

“Estamos vivendo neste ano uma Quaresma que mais que litúrgica é de realidade. Estamos nos preparando para uma Páscoa que mais que de ritos é de vida, e espero que todos os fiéis consigam vivê-la assim. Rezemos, vamos nos ajudar através da oração e da caridade que são as duas armas que Padre Pio considerava aquelas que tocavam a alma de Deus e, através de Deus, alcançam os corações de cada pessoa.”

Todas as formas de doações e ofertas podem ser conferidas no site oficial da Casa Alívio do Sofrimento, de San Pio di Pietrelcina.

01 abril 2020, 14:40