Busca

Vatican News
Até 6 de maio, as orações diárias dos representantes do IRCE serão transmitidas nos canais de TV nacionais e em algumas estações de TV privadas. Até 6 de maio, as orações diárias dos representantes do IRCE serão transmitidas nos canais de TV nacionais e em algumas estações de TV privadas.   (ANSA)

Conselho inter-religioso na Etiópia em oração pelo fim da pandemia

Ao mesmo tempo em que convidam os fiéis a rezarem até o dia 6 de maio, os líderes religiosos os exortam a observar estritamente as medidas de prevenção e a ficarem em casa, limitando os deslocamentos, conforme exigido pelo governo.

Vatican News

Um mês de oração para que a pandemia de Covid-19 cesse. A iniciativa foi lançada em 6 de abril pelo Conselho Inter-religioso da Etiópia (IRCE), que inclui a Igreja Ortodoxa de Tewahdo, o Conselho Supremo de Assuntos Islâmicos da Etiópia, a Igreja Católica Etíope, as Igrejas Evangélicas, a Igreja Adventista do Sétimo Dia, a Igreja Mekane Yesus e as Igrejas Kalehiwot.

Ouça e compartilhe!

Os líderes do conselho inter-religioso, informa o blog da AMECEA  (Associação dos Membros das Conferências Episcopais da África Oriental), convidaram os fiéis a aderir à iniciativa, ao mesmo tempo que os exortaram a observar estritamente as medidas de prevenção e a ficarem em casa, limitando os deslocamentos, conforme exigido pelo governo.

Até 6 de maio, as orações diárias dos representantes do IRCE serão transmitidas nos canais de TV nacionais e em algumas estações de TV privadas.

Na manhã de 18 de abril, havia 96 casos confirmados de coronavírus na Etiópia e 3 óbitos. 15 pacientes se recuperaram e foram realizados 5389 testes.

A Igreja Católica na Etiópia

 

A Igreja Católica está presente na Etiópia com 13 Circunscrições Eclesiásticas, sendo quatro de rito etíope e nove de rito latino. A Delegação Apostólica da Etiópia foi criada em 25 de março de 1937, e elevada a internunciatura apostólica em 1945. Em 1970, tornou-se uma Nunciatura Apostólica, perdurando assim até os dias atuais.

Apesar de os católicos constituírem apenas 0,7% da população, a Igreja Católica administra incríveis 90% das obras sociais no país. Isso significa ser uma ajuda insubstituível às populações pobres atingidas por problemas cíclicos e muito graves. A obra social da Igreja diz respeito, em primeiro lugar, ao campo sanitário e ao da instrução, mas também ao da construção de obras (poços, aquedutos) para a exploração da água.

Relações com a Igreja Ortodoxa

 

O atual patriarca da Igreja Ortodoxa Etíope, abuná Matias, foi eleito em 28 de fevereiro de 2013. Ele foi recebido pelo Papa Francisco em audiência no dia 29 de fevereiro de 2016, e também se encontrou com o Pontifício Conselho para a Unidade dos Cristãos (PCUC), fazendo uma visita ao túmulo de São Pedro. De acordo com o comunicado do PCUC, as relações entre a Igreja Ortodoxa Etíope e a Igreja Católica "são cordiais e se intensificam". O patriarca precedente, abuná Paulo, já havia feito duas visitas ao Vaticano: a primeira em 1993, quando foi recebido por São João Paulo II, e a outra em 2009, quando o Papa Bento XVI o convidou a falar na II Assembleia Especial do Sínodo dos Bispos para a África..[10]

 

Photogallery

.
18 abril 2020, 13:49