Busca

Vatican News

Cerimônia de Consagração dos povos da América a Nossa Sra. de Guadalupe

Participaram da cerimônia, transmitida pelo rádio, pela TV e pelas plataformas digitais, os bispos da área latino-americana, do Caribe, dos EUA, Canadá e Filipinas. Através do Face-book foi possível unir em oração quarenta mil pessoas que, ao mesmo tempo, acompanharam a santa missa. Os contágios do coronavírus na América Latina superaram a cifra dos 60 mil, com mais de 2.500 mortos. O Brasil é o país mais atingido

Cidade do Vaticano

Ouça e compartilhe

“Hoje voltamos a sentir-nos pequenos e frágeis diante da doença e da dor para pedir a proteção para todos os homens, sobretudo para seus filhos mais frágeis: os anciãos, as crianças, os doentes, os indígenas, os migrantes.”

Devoção dos povos latino-americanos a Nossa Senhora

Dirigindo-se à Virgem Maria, no dia da consagração dos Povos da América a Nossa Senhora de Guadalupe para pedir proteção da pandemia, o presidente do Conselho Episcopal Latino-Americano (Celam), dom Héctor Miguel Cabrejos Vidarte, recordou a devoção mariana de todas as comunidades que vivem no continente e a confiança delas em Nossa Senhora sobretudo nos momentos mais críticos.

Na ocasião, o prelado, que é também arcebispo metropolitano de Trujillo e presidente da Conferência Episcopal Peruana (CEP), agradeceu aos bispos mexicanos por terem aderido à proposta do Celam e por terem organizado o ato de consagração e a celebração eucarística, realizada este domingo, 12 de abril, presidida pelo primaz do México, cardeal Carlos Aguiar Retes.

América Latina: Brasil é o país mais atingido pelo coronavírus

Participaram da cerimônia, transmitida pelo rádio, pela TV e pelas plataformas digitais, os bispos da área latino-americana, do Caribe, dos EUA, Canadá e Filipinas. Através do Face-book foi possível unir em oração quarenta mil pessoas que, ao mesmo tempo, acompanharam a santa missa.

Os contágios do coronavírus na América Latina superaram a cifra dos 60 mil, com mais de 2.500 mortos. O país mais atingido permanece sendo o Brasil, com quase um terço do total do subcontinente. Seguem o Equador, Chile e Peru, depois o México, Panamá República Dominicana, Colômbia e Argentina.

13 abril 2020, 14:42