Busca

Vatican News
Cardeal Tagle Cardeal Tagle 

Fiipinas, coronavírus: mensagem em vídeo do cardeal Tagle

O prefeito da Congregação para a Evangelização dos Povos afirma: "a crise é uma oportunidade para redescobrir o significado da Quaresma".

Lisa Zengarini – Cidade do Vaticano

Buscar um "resultado positivo" na atual crise do coronavírus, colocando em ato os três preceitos da Quaresma: jejum, caridade e oração. Este é o convite lançado aos fiéis filipinos e ao mundo inteiro pelo cardeal Antonio Luis Tagle, arcebispo emérito de Manila e desde 8 de dezembro passado, novo Prefeito da Congregação para a Evangelização dos Povos.

"Procuremos ajudar, abstendo-nos de coisas desnecessárias, apoiando os necessitados e rezando e confiando em Deus", exorta o cardeal em uma vídeo-mensagem divulgada nos últimos dias no Youtube. O jejum - sublinha - também pode ser praticado simplesmente renunciando a prazeres como fazer compras ou ver um filme: "Talvez esta crise seja um apelo a vivermos com simplicidade. Escolham apenas o que é importante".

À corrida pela compulsão alimentar e à especulação daqueles que procuram tirar proveito da crise, o cardeal Tagle contrapõe o convite à caridade, no espírito da Quaresma. "Se temos algo a mais, vamos compartilhar!", é a sua exortação.

A vídeomensagem gravada no Colégio Filipino de Roma conclui com o convite a não ceder ao medo e ao pânico diante da emergência atual, mas a rezar: "Aprendamos a conhecer Deus, a escutar as suas palavras". Isto é oração".

Em 14 de março, nas Filipinas havia 98 casos confirmados de infecção por coronavírus. As autoridades de Manila decidiram neste final de semana colocar a capital em quarentena. O Administrador Apostólico da arquidiocese, mons. Broderick S. Pabillo, ordenou uma dispensa para todos os fiéis da obrigação de participar da Eucaristia até sexta-feira, 20 de março.

 

 

16 março 2020, 09:30