Busca

Vatican News
Presidente da República Marcelo Rebelo de Sousa em Sintra, para o  X Encontro Cristão Presidente da República Marcelo Rebelo de Sousa em Sintra, para o X Encontro Cristão  

Portugal/Presidente da República: “É preciso ir às periferias”

Marcelo Rebelo de Sousa participou no X Encontro Cristão em Sintra organizado pela Plataforma de várias denominações de matriz ecuménica.

Domingos Pinto – Lisboa

“É preciso ir para as periferias, e as periferias significa naturalmente o diálogo com as outras igrejas cristãs, com outras igrejas não cristãs e o diálogo com aqueles que não têm confissão religiosa, mas, no entanto, prosseguem os mesmos valores ou valores muito idênticos, de respeito da pessoa e das pessoas concretas, e o papa tem feito isso ao longo do seu pontificado”.

Ouça e compartilhe

Declarações exclusivas do Presidente da República à VATICAN NEWS à margem do X Encontro Cristão que teve lugar no passado dia 1 de fevereiro em Sintra, uma iniciativa organizada e promovida por um grupo de cristãos de várias denominações.

Marcelo Rebelo de Sousa destacou o evento de âmbito ecuménico como “um exemplo daquilo que é a vivência portuguesa”, ou seja, “um exemplo muito útil e muito importante hoje, porque há modas ou modismos de intolerância, de incompreensão, da falta de diálogo com outros, e as pessoas tem de perceber que não são ilhas e que ninguém vive sozinho”.

Na abertura do encontro esteve o Presidente da Câmara de Sintra, Basílio Horta, que deixou palavras de estímulo e expressou a vontade da autarquia em  valorizar cada vez mais o encontro de povos no município, na sua diversidade religiosa, cultural, étnica e social.

Também ao Portal da Santa Sé, D. Daniel Henriques, bispo auxiliar de Lisboa, sublinhou o sentido da unidade e a necessidade de um maior conhecimento mútuo. “Mais do que debater ideias ou de chegar a conclusões teológicas, que também são importantes, naturalmente, mas acima de tudo um diálogo que seja orante”, disse o prelado que representou a igreja católica.

Já D. José Jorge Tavares de Pina Cabral, Bispo da Igreja Lusitana que integra a Comunhão Anglicana em Portugal, diz que existe no país “um diálogo mais focado em causas concretas, nomeadamente a defesa da Criação de Deus, ou seja, o que tem a ver com as alterações climáticas”.

“Eu vejo que é bom, porque é manter a chama acesa da caminhada entre os cristãos e ao mesmo tempo também ajudar a congregar pessoas de diferentes igrejas, porque é necessário que os cristãos se encontrem para que se conheçam, e, conhecendo-se, criem laços de confiança”, conclui o bispo da igreja Lusitana em Portugal sobre o X Encontro Cristão em Sintra.

03 fevereiro 2020, 16:18