Busca

Vatican News
Austrália incêndios Austrália incêndios  (AFP or licensors)

Austrália incêndios: catástrofe sem precedentes

O presidente dos Bispos australianos, dom Mark Coleridge: "precisamos mais do que palavras, precisamos de ações concretas”.

Silvonei José – Vatican News

"A Austrália enfrenta uma catástrofe sem precedentes": foi o que disse o presidente dos Bispos australianos, dom Mark Coleridge, diante da perda de vidas, de hectares de terra devorados pelas chamas, de casas e cidades destruídas, do fumo que envolveu grande parte do país.

Recordando os esforços heroicos dos bombeiros e a extraordinária resistência das comunidades diante da "força devastadora da natureza que mostra toda a nossa impotência", o prelado destacou que "as expressões de solidariedade são importantes, mas não suficientes". "Precisamos mais do que palavras, precisamos de ações concretas”.

Muito trabalho foi feito pelos governos e pelos socorredores - reconheceu dom Coleridge -, e uma grande contribuição também foi dada pelas paróquias e organizações católicas, assim como pelas coalizões ecumênicas e inter-religiosas, acostumadas, porém, a responder em nível paroquial ou diocesano. Mas "o nível desta crise requer uma resposta nacional de toda a Igreja - acrescenta o arcebispo -, para integrar e coordenar o que está sendo feito em nível local".

Há necessidade de "uma rede nacional que ligue as pessoas afetadas pelos incêndios aos responsáveis pela preparação de refeições, limpeza de propriedades, reconstrução de comunidades e terapia de apoio, incluindo o cuidado pastoral". Há necessidade de "orações especiais", "da colaboração com as principais agências nacionais", da cooperação com os institutos religiosos, das doações nas missas durante o fim de semana do Dia da Austrália (26 de janeiro), para que possam responder ao apelo da Sociedade de São Vicente de Paulo (Vinnies), que tanto tem feito em todos os territórios afetados.

Ajudar as pessoas e reconstruir inteiras cidades vai levar muito tempo. A Igreja "está ao lado de todos aqueles que ficaram feridos e que estão arriscando suas vidas para apagar os incêndios e está pronta para caminhar ao lado das pessoas em seu caminho de recuperação”.

Enfim, o Arcebispo Coleridge convida todos à oração constante "por aqueles que perderam a vida nos incêndios e pelas suas famílias"; "para que a chuva apague os incêndios, e para que sejam tomadas medidas urgentes em nome da nossa casa comum para evitar tais calamidades no futuro".

 

07 janeiro 2020, 13:12