Busca

Vatican News
Crianças com réplicas da imagem do Nazareno Negro em Quiapo, Manila Crianças com réplicas da imagem do Nazareno Negro em Quiapo, Manila 

Não existe missão sem encontro pessoal com Jesus Cristo, recorda cardeal Tagle

"Não existe nenhuma missão, nenhum anúncio do Evangelho sem um encontro com Jesus que é o Evangelho", disse o cardeal Luis Antonio Tagle na Missa pelo Dia Mundial das Missões celebrada em Manila.

Cidade do Vaticano

"É preciso rezar e apoiar a missão!" Este é o convite do cardeal Luis Antonio Tagle, arcebispo de Manila, dirigido aos fiéis filipinos reunidos no domingo em Manila para a Missa do Dia Mundial das Missões.

"Os católicos são chamados a partir em missão juntos. A missão não é uma tarefa "faça por si mesmo", mas é comunitária, para e com os outros, sobretudo com Cristo. A missão não é apenas para alguns indivíduos, mas para todos. A missão é feita em comunidade. É eclesial: toda a Igreja está em missão. Cada batizado é enviado em missão por Cristo e pela Igreja ", disse ele.

"Cada batizado que vive a vida em Cristo, participando de sua morte e ressurreição, é deste modo missionário", disse o cardeal Tagle. Mas para ser missionários – enfatizou - é necessário "ter um encontro pessoal com Jesus".

"Não existe nenhuma missão, nenhum anúncio do Evangelho sem um encontro com Jesus que é o Evangelho", disse ele. A missão é “testemunhar Cristo", que significa "carregar com Cristo a sua Cruz" e "viver a sua caridade, compartilhando-a com o mundo, especialmente com os necessitados".

Milhares de pessoas se reuniram para o evento organizado pela Arquidiocese de Manila, em coordenação com as Pontifícias Obras Missionárias das Filipinas, para celebrar o Dia das Missões, ápice do Mês Missionário Extraordinário convocado pelo Papa Francisco para outubro de 2019.

O encontro missionário organizado em Manila teve liturgias, encontros de oração, concertos, testemunhos de sacerdotes, religiosos e leigos envolvidos na missão.

(Agência Fides)

21 outubro 2019, 15:49