Busca

Vatican News
Basílica de Santa Clara, em Assis Basílica de Santa Clara, em Assis 

O programa para as solenidades de Santa Clara e São Rufino

Santa Clara e São Rufino, "ajudam-nos a compreender que todos podemos e devemos almejar a santidade, porque Deus nos estende a mão e nos coloca em condição de nos aproximarmos dele", recorda o bispo de Assis, Dom Domenico Sorrentino.

Não ter medo de mirar o alto, de se deixar amar e libertar por Deus. A santidade é o encontro da tua fraqueza com a força da graça". Esta frase do Papa Francisco foi escolhida para acompanhar o programa de celebrações que a Diocese de Assis-Nocera Úmbria-Gualdo Tadino organizou em vista das solenidades de Santa Clara e São Rufino, nos dias 11 e 12 de agosto, respectivamente.

Dom Sorrentino: "Todos devemos todos almejar a santidade"

 

“Estas duas figuras – sublinha o bispo Dom Domenico Sorrentino - ajudam-nos a compreender que todos podemos e devemos almejar a santidade, porque Deus nos estende a mão e nos coloca em condição de nos aproximarmos dele. Nós apenas temos que nos dispor em acolhê-lo, abrir o nosso coração, seguindo o exemplo dos nossos Santos.”

As celebrações na festa de Santa Clara

 

Quanto à solenidade de Santa Clara, de 2 a 9 de agosto haverá a novena que se concluirá na sexta-feira, 9 de agosto, com oração das Vésperas das 18 horas, presidida pelo padre Andrea Dovio (os cânticos das Vésperas serão entoados pelas irmãs Clarissas).

Durante a novena, a Missa será celebrada diariamente às 17h15. No sábado, 10 de agosto, às 17h30, serão rezadas as Primeiras Vésperas e celebrada a Missa Solene, celebrações presididas por Dom Sorrentino.

Às 21h, no Santuário de São Damião, haverá uma vigília de oração no trânsito de Santa Clara. Para o dia da solenidade estão previstas várias celebrações já a partir das 6h30, com a Missa na cripta; às 7h15 com a Missa conventual; às 9 horas e depois às 11 horas, com a solene concelebração presidida por cardeal Giovanni Angelo Becciu, prefeito da Congregação para as Causas dos Santos. À tarde, às 17h30, serão celebradas as segundas Vésperas e a Missa no trânsito de Santa Clara, celebrações presididas pelo padre Claudio Durighetto, ministro provincial dos Frades Menores da Úmbria.

A festa de São Rufino

 

Para a festa de São Rufino, as celebrações terão início já no domingo, 11 de agosto, às 21 horas, com a vigília de oração e a procissão pelas ruas de Assis.

Na praça do município, o bispo abençoará a cidade. A cerimônia será animada pela banda de Rivotorto. Seguirá uma festa na praça em frente à Catedral.

Para a segunda-feira, 12 de agosto, estão previstas as celebrações às 8 hs e a solene concelebração às 11, presidida pelo bispo Dom Domenico Sorrentino. Outra Missa está prevista para às 18 horas, enquanto às 21 horas, haverá na Catedral um concerto em homenagem ao Santo padroeiro, a cargo da Capela Musical de São Rufino. (SIR)

Ouça e compartilhe!

 

03 agosto 2019, 09:48