Cerca

Vatican News
Homenagem aos mortos no Centro Comercial de El Paso, Texas Homenagem aos mortos no Centro Comercial de El Paso, Texas  (2019 Getty Images)

Bispos mexicanos: no rosto de Cristo o irmão que sofre

A Conferência Episcopal do México publicou uma mensagem pedindo aos cidadãos e autoridades mexicanas e estadunidenses mais colaboração em prol da paz, igualdade e fraternidade

Cidade do Vaticano

“Apelo de paz, igualdade, fraternidade e colaboração entre o México e Estados Unidos”, este é o título da mensagem dos Bispos da Conferência Episcopal Mexicana de 6 de agosto, depois dos últimos fatos de violência que ocorreram nos Estados Unidos.

Ouça e compartilhe!

A violência fecha o coração a seus semelhantes

O comunicado inicia com a manifestação de grande dor “pelos atos de violência que ocorreram nos últimos dias contra pessoas inocentes” provocados pela “intolerância, a xenofobia e a descriminação”.

Os Bispos asseguram sua proximidade e oração aos familiares das vítimas e feridos e acrescentam “com tristeza vemos que aumentam os casos de violência” que criam “divisões, fecham o coração a seus semelhantes e não reconhecem a dignidade humana que toda a pessoa possui, independente da cor da sua pele ou nacionalidade”.

Olhar o rosto de Cristo no irmão que sofre

“Quanto foi difícil olhar o rosto de Cristo no irmão e irmã que sofre”, afirmam, dizendo em seguida que “os discursos de ódio geram apenas agressões e morte. É tempo de acabar com estes atos violentos, por isso pedimos aos cidadãos e autoridades dos Estados Unidos e do México para que promovam discursos congruentes de paz, igualdade, fraternidade e colaboração, pois tanto os compatriotas, como os estrangeiros que residem em um país, fazem com que a nação se torne mais desenvolvida e forte.

Por fim, pedem a todos os católicos e pessoas de boa vontade que “continuem orando pelas vítimas de violências, pelos numerosos feridos e por suas famílias, para que encontrem o consolo da fé e da paz em Jesus Cristo”.

O comunicado é assinado por dom Rogelio Cabrera López, Arcebispo de Monterrey e Presidente da Conferência Episcopal do México e pelo bispo Auxiliar de Monterrey Dom Alfonso Miranda G. Guardiola, secretário geral da CEM.

07 agosto 2019, 11:32