Busca

Vatican News
Praça de São Pedro com a Basílica Vaticana Praça de São Pedro com a Basílica Vaticana 

Congresso em Roma pelos 40 anos de Puebla

A Pontifícia Comissão para a América Latina (CAL) anunciou a realização de um Congresso internacional com o tema "Comunhão e participação", por ocasião dos 40 anos da III Conferência Geral do Episcopado Latino-americano de Puebla

Cidade do Vaticano

Por ocasião dos 40 anos da III Conferência Geral do Episcopado Latino-americano de Puebla a Pontifícia Comissão para a América Latina (CAL) organizou um Congresso Internacional de 2 a 4 de outubro de 2019, na Cúria Geral dos Jesuítas, em Roma, com o tema "Comunhão e participação".

Ouça e compartilhe!

A herança de Puebla

A Conferência de Puebla (México) ocorreu em 1979 e seguiu as do Rio (Brasil), em 1955, e Medellín (Colômbia), em 1968. O Papa João Paulo II participou deste evento em sua primeira viagem ao México, que teve como fruto o documento de Puebla.

A conferência deste ano será dividida em quatro partes. A primeira é intitulada "América Latina e a 'década de sangue'", a segunda trata "A preparação da Conferência", a terceira é a "A Agenda de Puebla", enquanto a quarta será sobre "A herança de Puebla".

O peruano Gustavo Gutiérrez estará encarregado da conferência sobre "A opção preferencial pelos pobres". 

O Congresso contará também com a presença do leigo britânico Austen Ivereigh, autor do livro "O grande reformador: Francisco, retrato de um Papa radical", que falará sobre "A originalidade histórica de um pontificado latino-americano".

Participantes

Outro participante do congresso de outubro é o sacerdote brasileiro José Marins, considerado um especialista em Comunidades Eclesiais de Base (CEB) surgidas no Brasil.

Também participarão do Congresso pelos 40 anos de Puebla: Rodrigo Guerra López, membro do Pontifício Conselho Justiça e Paz; o uruguaio Guzmán Carriquiry Lecour, doutor em Direito e Ciências Sociais, que serve há mais de 40 anos no Vaticano, tendo colaborado com Paulo VI, João Paulo II e Bento XVI; o brasileiro Pe. Alexandre Awi Mello, membro da Fraternidade de Padres de Schoenstatt e serve desde 2017 como secretário do Dicastério para os Leigos, a Família e a Vida; entre outros.

(Fonte: Acidigital)

 

 

31 julho 2019, 10:59