Cerca

Vatican News
Arcebispo de Huancayo, no Peru, e vice-presidente da Repam, cardeal Pedro Ricardo Barreto Jimeno, S.J. Arcebispo de Huancayo, no Peru, e vice-presidente da Repam, cardeal Pedro Ricardo Barreto Jimeno, S.J. 

Cardeal Barreto: nova Conferência dos bispos latino-americanos, uma boa ideia

A experiência da preparação e da realização do próximo Sínodo sobre a Amazônia é uma ocasião importante para a América Latina, e para o Celam é oportunidade de comprometer-se ainda mais com a encíclica Laudato si’, em favor dos pobres e contra a lógica do descarte”, afirma o cardeal peruano

Cidade do Vaticano

“Parece-me uma boa ideia realizar uma nova Conferência Geral do episcopado latino-americano, eu mesmo tenho interesse em reforçar a integração eclesial na América Latina.”

Ouça e compartilhe!

Foi o que disse o arcebispo de Huancayo, no Peru, e vice-presidente da Rede Eclesial Pan-Amazônica (Repam), cardeal Pedro Ricardo Barreto Jimeno, SJ, comentando a recente entrevista à agência Sir concedida pelo novo presidente do Conselho Episcopal Latino-Americano (Celam), Dom Héctor Miguel Cabrejos Vidarte, OFM, arcebispo de Trujillo e primeiro peruano a presidir o organismo eclesial continental.

Protagonismo do episcopado peruano

O cardeal Barreto fez tais declarações à margem da semana “Serviço ao mundo pelo cuidado da casa comum, realizada dias atrás na sede da Conferência episcopal colombiana, em Bogotá, e refletiu sobre esse “protagonismo do episcopado peruano”.

“Dom Cabrejos pertence aos Frades menores e vive uma experiência pastoral próxima do Papa Francisco. É o presidente da Conferência episcopal peruana e eu sou o vice-presidente. Atualmente ele é o presidente do Celam e eu o vice-presidente da rede eclesial Repam. Por esse motivo, trabalhamos juntos, em proximidade e fraternidade”, disse.

Sínodo será ocasião para comprometer-se com os pobres

A experiência da preparação e da realização do próximo Sínodo sobre a Amazônia é uma ocasião importante para a América Latina, e para o Celam é oportunidade de comprometer-se ainda mais com a encíclica Laudato si’, em favor dos pobres e contra a lógica do descarte”, continuou o cardeal Barreto.

“A presidência de Dom Miguel Cabrejos pode responder a esses desafios e concretizá-los mais ainda na realidade dos povos e das Igrejas na América Latina”, concluiu o purpurado peruano.

(Sir)

11 junho 2019, 14:14