Cerca

Vatican News
"Quero experimentar a universalidade da Igreja. Não tenho expectativas. Deixarei que o Espírito de Deus me surpreenda", diz um dos jovens de Singapura "Quero experimentar a universalidade da Igreja. Não tenho expectativas. Deixarei que o Espírito de Deus me surpreenda", diz um dos jovens de Singapura 

JMJ: para jovens de Singapura, oportunidade para compartilhar fé e cultura

É grande a expectativa dos treze jovens de Singapura que participarão da JMJ no Panamá: "Quero experimentar a universalidade da Igreja. Não tenho expectativas. Deixarei que o Espírito de Deus me surpreenda", diz um deles.

Cidade do Vaticano

A próxima Jornada Mundial da Juventude (JMJ) no Panamá será uma oportunidade para os jovens de Singapura compartilharem fé e cultura. Conforme relatado pela Agência Fides, uma delegação do país participará da JMJ no Panamá, a realizar-se de 22 a 27 de janeiro.

Os jovens aguardam com paciência uma viagem que envolve também “a descoberta de si mesmos, dos valores característicos da juventude e da riqueza da fé católica", declara à Ag. Fides o redentorista p. Francis Vijayan, que acompanhará a juventude cingapuriana ao continente americano.

Para experimentar a universalidade da fé

 

O encontro mundial da juventude católica é caracterizado pelo intercâmbio cultural, que "é um aspecto importante" do evento, ressalta Sharon Leong, um dos jovens que irá ao Panamá: "Quero experimentar a universalidade da Igreja. Não tenho expectativas. Deixarei que o Espírito de Deus me surpreenda", diz à Fides Sharon que, junto com outras 12 pessoas, se prepara para a viagem.

Não são férias, mas uma peregrinação

 

Padre Francis Vijayan explica que o plano para a viagem começou em junho de 2018. "Para ajudar nossos jovens a viver uma experiência de Igreja universal, começamos a falar sobre a possibilidade da viagem para os jovens locais, aos responsáveis da Pastoral da Juventude Redentoristas".

Então passou a haver uma preparação, sendo destacada "a dimensão da peregrinação, que não é uma excursão ou férias, mas uma experiência de missão evangélica."

Padre Francis faz votos de que os jovens possam "ter uma experiência com outras culturas, o que é um enriquecimento humano e espiritual”. Durante a JMJ, eles irão participar de um encontro de jovens Redentoristas em todo o mundo na paróquia redentorista de São Geraldo Majella no Panamá.

A presença do Papa

 

Além disso, "a presença do Papa é muito importante e os jovens serão tocados por sua genuinidade", observa ele. Singapura é uma cidade-estado multicultural, que sempre promoveu o contexto multiétnico e multi-religioso, uma realidade também presente entre a juventude católica do país. (Agência Fides)

14 janeiro 2019, 07:47