Versão Beta

Cerca

Vatican News
Criança síria em campo de refugiados no Líbano Criança síria em campo de refugiados no Líbano  (AFP or licensors)

Coleta de 83 mil euros no Katholikentag será destinada à Síria e Líbano

Recurso irá auxiliar 200 famílias em Aleppo e 550 crianças em campos de refugiados no Líbano.

Cidade do Vaticano

Anne Hakenes, presidente da comissão organizadora do 101º Katholikentag, realizado em maio na cidade alemã de Münster, anunciou o resultado da coleta realizada durante a iniciativa: mais de 83 mil euros, que serão destinados à Igreja na Síria e aos refugiados sírios no Líbano.

A maior coleta em toda história do Katholikentag

 

Esta é a soma mais alta coletada na história do Katholikentag. O dinheiro será usado igualmente em favor da missão franciscana que assiste às famílias da cidade de Aleppo devastada pela guerra, e em favor de um projeto apoiado pela Caritas Münster para a educação de crianças e adolescentes em escolas nos campos de refugiados sírios no Líbano.

"Busquem a paz” foi o lema do Katholikentag deste ano. "Há, talvez, poucas pessoas no mundo que buscam a paz com mais urgência do que as vítimas da guerra na Síria - disse Anne Hakenes. Devemos, portanto, agradecer a todos aqueles que contribuíram com suas doações para combater o sofrimento na cidade síria de Aleppo e nos campos de refugiados no Líbano".

200 famílias beneficiadas em Aleppo

 

Em Aleppo, onde o medo ainda não acabou - como contam os franciscanos da missão - com o dinheiro da coleta poderão ser sustentadas 200 famílias em suas diversas necessidades, totalizando de 1.000 pessoas. Também serão construídas 14 casas.

Ademais, com o valor destinado à Caritas libanesa,  550 crianças poderão frequentar a escola nos campos de refugiados, em um projeto que prevê também cursos de alfabetização para as mães.

(Ag. Sir)

28 agosto 2018, 12:49