Versão Beta

Cerca

Vatican News
Igreja Nossa Senhora da Vitória no Canadá Igreja Nossa Senhora da Vitória no Canadá 

Canadá celebra 200 anos de evangelização do norte e oeste do país

Transcorreram 200 anos desde a chegada do padre Norbert Provencher e seus companheiros missionários na atual arquidiocese de Saint-Boniface.

Cidade do Vaticano

"Zelo apostólico, ousadia e coragem": "a Igreja tem ainda hoje necessidade de homens e mulheres capazes de tal fé", "arraigados em Cristo" e desejosos "em difundir a alegria do Evangelho àqueles que ainda não conhecem o amor do Senhor".

Com estas palavras, o cardeal Gérald Lacroix, arcebispo de Quebec, comenta as celebrações dos 200 anos da evangelização do oeste e norte do Canadá. Na entrevista realizada por Timothée Dhellemmes, o enviado especial do Papa Francisco recorda que no Canadá "o ambiente nem sempre é favorável aos valores cristãos", mas que "os pastores continuam a defender o que receberam como herança."

A coragem missionária do padre Provencher

 

As terras a oeste e norte do Canadá conheceram o amor de Cristo, graças à missão incansável do padre Joseph-Norbert Provencher e de seus companheiros missionários, enviados em 1818 pelo então bispo de Quebec, Dom Joseph-Octave Plessis, com o objetivo de pacificar e estruturar a colônia da Rivière-Rouge.

Seu trabalho teve um resultado tão positivo que o território eclesiástico de Saint-Boniface tornou-se a primeira diocese e depois a arquidiocese, sob a guia do próprio Dom Joseph-Norbert Provencher.

"Maior será a nossa comunhão em Cristo", maior "será o nosso ser radicado no Evangelho" - reitera o Enviado Especial do Papa - quanto mais formos "verdadeiros evangelizadores", como aqueles que nos precederam.

"O Evangelho nos liberta", conclui, "nos permite reconhecer-nos como irmãos e irmãs". "Este é o sentido da evangelização": "não fazer proselitismo, mas dar testemunho" e favorecer assim "aquele encontro que pode mudar sua vida, o encontro com Cristo."

16 julho 2018, 10:37