Versão Beta

Cerca

Vatican News
António Pinheiro Torres, vice-presidente da Federação Portuguesa pela Vida António Pinheiro Torres, vice-presidente da Federação Portuguesa pela Vida 

Mobilizar os portugueses “em torno das Caminhadas pela Vida”

Apelo da Federação Portuguesa pela Vida saído do Encontro Nacional realizado no Porto.

Domingos Pinto - Lisboa

A Federação Portuguesa pela Vida lançou “um grande apelo à mobilização popular em torno das Caminhadas pela Vida que terão lugar no próximo dia 27 de outubro”.

Esta foi uma das principais conclusões do encontro nacional daquela organização realizado no passado dia 23 de junho no Porto, revelou à VATICAN NEWS António Pinheiro Torres, vice-presidente daquela organização.

Já em relação à eutanásia, foi decidido “prosseguir uma campanha de esclarecimento da população”, refere aquele responsável que considera que “a sociedade portuguesa ainda não está suficientemente informada sobre este assunto, até porque se sabe que este tema voltará a ser suscitado”.

É preciso “fazer um balanço sério, rigoroso, destes cerca de 12 anos da lei do aborto desde o referendo de 2007”, diz Pinheiro Torres, questões que “continuarão a fazer parte da agenda política e nelas nós teremos que ter uma intervenção que seja decisiva em torno da defesa da vida e da família”.

Nestas matérias, “há uma mudança de paradigma em termos da mentalidade geral na sociedade portuguesa”, sublinha aquele responsável que entende que “esse paradigma pode ser desafiado pelo testemunho das realidades onde a vida é estimada, onde a família é bem vivida, e por isso pode ser confrontada”.

Ao portal da Santa Sé o vice-presidente da Federação Portuguesa pela Vida destaca ainda o pontificado do Papa, sempre de alerta para “a cultura do descarte, a cultura do abandono do Humano”, e ainda “a necessidade de ir às mais distantes periferias”.

“Em Portugal nós temos uma especial ligação ao Papa Francisco neste emprenho pela vida e pela família”, conclui António Pinheiro Torres.

Federação Portuguesa pela Vida

 

26 junho 2018, 15:26