Versão Beta

Cerca

Vatican News

Rosto de Santa Zdislava de Lemberk reconstruído por especialistas brasileiros e tchecos

...

Depois de mais de sete séculos, as pessoas podem finalmente contemplar a face de Santa Zdislava. A padroeira da região de Liberec está sepultada na Basílica de São Lourenço e Santa Zdislava no interior da República Tcheca.

Ouça a entrevista com Cícero Moraes

O rosto criado com a colaboração de especialistas tchecos e brasileiros foi reconstruído utilizando tecnologia de ponta. A partir das fotografias de seus restos mortais, o crânio da Santa foi digitalizado em 3D. A peça serviu como base para uma aproximação facial que há pouco foi revelada.

O projeto é resultado de uma colaboração internacional envolvendo o 3d designer brasileiro Cicero Moraes, o geofísico Jiri Sindelar, o comandante da Comenda de S. Zdislava Augustin Andrle Karel Sylor e a Diocese de Litoměřice.

"Estamos há anos fomentando a introdução de tecnologias de ponta na arqueologia e história. E, a fim de criar um modelo real, preciso e detalhado dos restos do esqueleto, podemos usar esses métodos não destrutivos, podemos criar o modelo a partir de fotos individuais", explicou Jiří Šindelář.

"É certamente muito difícil chegar a tais relíquias. A grande vantagem para nós é que Cícero Moraes já com cerca de dez, talvez mais, trabalhos similares que fez diretamente para a Igreja Católica. E é claro que a porta se abre", disse Jiří Šindelář. Dentre os trabalhos de Moraes estão Santo Antônio de Pádua, Santa Rosa de Lima, São Valentim e Santa Paulina.

O retrato de Zdislava de Lemberk foi solenemente revelado no dia 27 de maio, na Basílica de Jablonné e abençoado por Litoměřice Bispo Jan Baxant. O retrato agora será exibido na Basílica São Lourenço e Santa Zdislava ao lado do local onde a Santa está sepultada.

Santa Zdislava

 

Filha de um guerreiro do rei Venceslau II da Boêmia, sendo sua mãe camareira da rainha Cunegunda de Hohenstaufen. Quando tinha 25 anos de idade, casou com o príncipe Havel de Lemberk, homem violento e orgulhoso de quem teve quatro filhos: Havel, Margarita, Jaroslav e Zadislav.

Adotando fervorosamente o entusiasmo pela recente fundação da Ordem dos Pregadores, solicita a São Jacinto, frade alemão, para que vá até à Boêmia pregar e lançar a nova Ordem.

Em tempos de guerras, Zdislava dedicava-se intensamente à oração. Tornando-se membro da Ordem dos Pregadores, por intermédio da Ordem Terceira de São Domingos, apoiou a instalação dos primeiro frades daquela Ordem na Morávia, bem como prestava auxílio aos refugiados e feridos da guerra.

Promoveu ainda o estabelecimento da Ordem na vizinha Boêmia, obtendo o apoio do seu marido na fundação de vários Conventos. Foi beatificada pelo Soberano Papa São Pio X em 28 de agosto de 1907. Foi canonizada pelo Papa São João Paulo II, em 21 de Maio de 1995.

Sua memória litúrgica é festejada em 3 de janeiro. 

31 maio 2018, 08:45