Versão Beta

Cerca

Vatican News
México vive uma onda de violência sem precedentes México vive uma onda de violência sem precedentes  (AFP or licensors)

Sacerdote assassinado no México

O padre Rubén Alcántara Díaz, de 50 anos, foi esfaqueado na casa paroquial da Igreja Nossa Senhora do Carmo, Diocese de Izcalli.

Cidade do Vaticano

O padre Rubén Alcántara Díaz, de 50 anos, vigário judicial da Diocese de Izcalli, no município de Cuautitlán (México), foi assassinado na noite de quarta-feira, 18, com uma faca, pouco antes da Missa das 19 horas, que deveria celebrar na Igreja de "Nuestra Señora del Carmen", no distrito de Cumbria.

O Centro Multimídia Católico informou a Agência Fides sobre o trágico acontecimento.

O Secretário Geral da Conferência Episcopal Mexicana, Dom Alfonso Gerardo Miranda Guardiola, bispo Auxiliar da Arquidiocese de Monterrey, Nuevo León, confirmou o fato e condenou o assassinato do sacerdote.

De acordo com informações locais, a secretária da igreja ouviu o padre discutindo com um homem. Quando ele saiu, o padre foi encontrado estirado no chão, já sem vida. 

20 abril 2018, 12:08