Versão Beta

Cerca

VaticanNews
Foto de 29 de junho de 1974 mostra menina diante de barreira montada na área católica de Belfast Foto de 29 de junho de 1974 mostra menina diante de barreira montada na área católica de Belfast  (AFP or licensors)

Há 20 anos era assinado na Irlanda o Acordo de Belfast

O Acordo de Belfast (também conhecido por Acordo da Sexta-feira Santa) foi assinado em Belfast em 10 de abril de 1998 pelos governos britânico e irlandês e apoiado pela maioria dos partidos políticos norte-irlandeses.

Cidade do Vaticano

"Agradecemos a Deus por tudo o que foi alcançado na construção da paz" desde a assinatura do Acordo de Belfast há vinte anos, dizem em uma mensagem conjunta, o arcebispo católico de Armagh Eamon Martin e o anglicano Richard Clarke, divulgada às vésperas do vigésimo aniversário dos acordos da "Sexta-feira Santa".

Um agradecimento também é dirigido à "comunidade internacional" que "investiu muito" no processo que levou ao Acordo e "permaneceu ao nosso lado como nossos parceiros para a paz".

Há gratidão porque "uma geração de jovens está crescendo sem ouvir o barulho de bombas ou balas todos os dias". A Irlanda do Norte hoje - lê-se na mensagem - "ainda tem muitos problemas e oportunidades", mas "todos nós - e não apenas os políticos - temos que resolvê-los e aproveitá-los".

"Neste momento de impasse na vida política na Irlanda do Norte" - encorajam os dois primazes - "vale a pena perguntar" se "os princípios e a estrutura do Acordo falharam, ou melhor, se não conseguimos juntos obter o máximo dos princípios que oferecia ".

A esperança é que "o aniversário ajude a reavivar um desejo de oportunidades,  cura e esperança de uma paz duradoura que agora é mais do que nunca necessária".

O Acordo de Belfast (também conhecido por Acordo da Sexta-feira Santa) foi assinado em Belfast em 10 de abril de 1998 pelos governos britânico e irlandês e apoiado pela maioria dos partidos políticos norte-irlandeses. O acordo tinha por finalidade acabar com os conflitos entre nacionalistas e unionistas sobre a questão da união da Irlanda do Norte com a República da Irlanda, ou sua continuação como parte do Reino Unido.

O acordo foi aprovado pela maioria dos votantes tanto na Irlanda do Norte como na República da Irlanda, chamados a pronunciar-se em referendos separados, em maio de 1998. (Sir)

Irlanda celebra 20 anos do Acordo de Belfast
10 abril 2018, 08:49