Versão Beta

Cerca

Vatican News
Monges trapistas de Tibhirine, Argélia Monges trapistas de Tibhirine, Argélia 

Governo da Argélia autoriza beatificação no país dos monges de Tibhirine

O ministro das Relações Exteriores argelino, entrevistado em Paris, confirmou que «a Argélia aceitou o pedido do Vaticano" para que a beatificação dos cristãos martirizados nos anos noventa seja realizada no país. "Será realizada em Oran dentro de alguns meses, algumas semanas".

Cidade do Vaticano

O governo de Argel deu sua aprovação para que a beatificação dos dezenove mártires cristãos mortos no país entre 1994 e 1996, seja realizada na Argélia.

A confirmação é do ministro das Relações Exteriores, Abdelkader Messahel, em uma entrevista à emissora de Paris, France 24.

“A Argélia deu o seu consentimento para a beatificação na Argélia dos monges de Tibhirine e outros religiosos mortos durante os anos noventa e esta notícia foi comunicada ao Vaticano ", afirmou Messahel.

O político argelino também não descartou a possibilidade de que o próprio Papa Francisco pudesse ir à Argélia para essa beatificação, tão importante para as relações entre cristãos e muçulmanos.

A uma pergunta específica sobre uma eventual visita do Pontífice à Argélia, em concomitância com a beatificação, o Ministro das Relações Exteriores de Argel respondeu: "Por que não? Vamos ver”.

Oran é a cidade argelina da qual era bispo Pierre Claverie, morto em 1º de agosto de 1996, juntamente com seu motorista muçulmano Mohamed, enquanto retornava para a residência episcopal.

O decreto sobre o martírio que o Papa aprovou, abrindo o caminho para a beatificação, é intitulado justamente a Pierre Claverie e seus dezoito companheiros.

O fato de que o rito de beatificação terá lugar na Argélia, será um fator muito importante não somente para a pequena Igreja local, mas também para os muitos amigos muçulmanos que não se esqueceram Claverie, os monges de Tibhirine e todos os outros religiosos que, justamente em nome de amizade com esse povo, decidiram não abandoná-lo na hora mais difícil, pagando com o preço de sua vida por essa escolha.

12 abril 2018, 16:09