Versão Beta

Cerca

Vatican News
Papa Francisco durante encontro com os bispos do Chile Papa Francisco durante encontro com os bispos do Chile  (Vatican Media)

Chile: religiosas refletem sobre recente carta do Papa sobre o caso Barros

O objetivo da reunião foi refletir sobre a carta que o Papa Francisco enviou à Conferência Episcopal do Chile depois de ouvir o relatório de dom Charles Scicluna sobre o caso do Bispo de Osorno, dom Juan Barros.

Cidade do Vaticano

Na tarde desta quarta-feira (25/04), duzentas religiosas que desempenham o seu ministério pastoral em Santiago, no Chile, se encontraram na residência episcopal com o cardeal Riccardo Ezzati Andrello e com o bispo auxiliar dom Jorge Concha, vigário para a Vida Consagrada.

O objetivo da reunião foi refletir sobre a carta que o Papa Francisco enviou à Conferência Episcopal do Chile depois de ouvir o relatório de dom Charles Scicluna sobre o caso do Bispo de Osorno, dom Juan Barros.

Foi “um encontro de formação a fim de que as religiosas, parte importante da Igreja, conheçam diretamente a carta que o Papa enviou aos bispos do Chile e se unam ao episcopado no caminho de oração que o Santo Padre nos pediu”, explicou o cardeal Ezzati.

Dom Concha disse que esse encontro teve também o objetivo “de envolver as religiosas na reflexão e discernimento sobre a carta enviada pelo Papa aos bispos chilenos, a todos os fiéis e também aos religiosos”.

Segundo a Agência Sir, o bispo auxiliar de Santiago pediu às religiosas para “expressar seus sentimentos”, esperando que a reflexão delas “possa também ajudar os pastores a entender e viver de modo mais profundo o encontro com o Papa”.

Uma contribuição importante “também para o que acontecerá depois da visita que faremos ao Santo Padre, em vista da renovação da Igreja”, ressaltou.

Orielle de Jesús López do Ordo Virginum, espera que essa situação ajude a “olhar para realidade assim como ela é” e que o parecer das consagradas seja ouvido, a fim de “recuperar a confiança na Igreja”.

26 abril 2018, 15:42