Versão Beta

Cerca

Vatican News
Usufruir as possibilidades oferecidas pela era digital mediante uso responsável Usufruir as possibilidades oferecidas pela era digital mediante uso responsável 

Riscos para os jovens representado pelo uso abusivo da mídia digital

Solicitadas medidas imediatas, investimentos específicos e o reforço da cooperação para proteger crianças e jovens dos perigos de um mundo sempre mais conectado, usufruindo, ao mesmo tempo, as possibilidades oferecidas pela era digital mediante um uso responsável.

Cidade do Vaticano

“Quando a mídia do mundo digital torna-se onipresente não favorece o desenvolvimento da capacidade de viver sabiamente, de pensar profundamente e de amar com generosidade”, declara à agência missionária Fides o docente de teologia e filosofia da Faculdade teológica Redemptoris Mater do Peru, professor Edy Rodríguez Morel del la Prada, acrescentando que “o mundo digitalizado é um risco latente que leva a viver da imagem projetada e, por conseguinte, a perder a dimensão real do encontro”.

1 entre cada 3 internautas no mundo é uma criança

Jovens entre 15 e 24 anos os mais conectados

Segundo o último estudo de “Crianças no mundo digital. Estado das Crianças no mundo 2017” realizado pelo Unicef, 1 entre cada 3 internautas no mundo inteiro é criança, e os jovens entre os 15 e 24 anos representam a faixa etária mais conectada.

“O estudo chama a atenção para riscos como o isolamento, a dependência, a ansiedade e a ruptura dos laços familiares e para os perigos relacionados às intimidações, abusos, exploração e pornografia.”

Diante desse contexto, o ministério da segurança social para a saúde do Peru adverte que o abuso de redes sociais, videojogos, telefones celulares e televisão pode favorecer problemas de dependência, isolamento e doenças mentais.

Amizades online em detrimento da relação pessoal

Segundo a Universidade Católica San Pablo, 1 entre cada 20 jovens peruanos de 16 anos apresenta nível preocupante de dependência. “Seria uma perda se nosso desejo de estabelecer e desenvolver amizades online se concretizasse em detrimento da nossa disponibilidade pela família, os vizinhos e aqueles que encontramos em nossa realidade cotidiana”, conclui o Prof. Rodríguez.

Uso responsável da mídia digital

Entre as conclusões do estudo são pedidos medidas imediatas, investimentos específicos e o reforço da cooperação para proteger crianças e jovens dos perigos de um mundo sempre mais conectado, usufruindo, ao mesmo tempo, as possibilidades oferecidas pela era digital mediante um uso responsável, em benefício da vida de toda criança.

01 março 2018, 12:14