Cerca

Vatican News
Uma Igreja ministerial: cada vocação vivida em sua realidade eclesial Uma Igreja ministerial: cada vocação vivida em sua realidade eclesial 

Frei Demerval: Igreja no Brasil sempre apontou caminhos

O responsável no Brasil pela Secretaria de Pastoral da Ordem dos Padres Mercedários destaca-nos, entre outros, a volta à valorização do diaconato permanente como uma vocação ao ministério do serviço e a formação de leigos capazes de ajudar nos vários ministérios da Igreja.

Raimundo de Lima - Cidade do Vaticano

Amigo ouvinte, o quadro “Nova Evangelização e Concílio Vaticano II” traz a participação do responsável no Brasil pela Secretaria de Pastoral da Ordem da Bem-Aventurada Virgem Maria das Mercês, Frei Demerval Reis Soares Filho. Amazonense, o sacerdote mercedário é pároco da Paróquia Nossa Senhora da Luz, na Pituba, em Salvador.

Cada vocação vivenciada em sua realidade eclesial

Na edição passada nosso convidado ateve-se sobre algumas intuições e desafios pastorais apresentados pelo Concílio Vaticano II, dando destaque para a reforma litúrgica, a questão eclesiológica da “Igreja povo de Deus”, ressaltando também o Ano do Laicato celebrado pela Igreja no Brasil este 2018.

Traçando-nos suas considerações sobre como a Igreja caminha no sulco do Concílio, na edição de hoje Frei Demerval afirma-nos que no contexto da América Latina a Igreja no Brasil sempre teve um papel muito importante de apontar caminhos.

Experiência eclesial da paróquia, comunidade de comunidades

Nesse sentido, destaca a experiência eclesial de pequenas comunidades, com as quais se vão formando pequenos grupos, pequenos núcleos de reflexão. Traz-nos a realidade de comunidade de comunidades vivida em Belo Horizonte, onde atuou precedentemente. Evidencia-nos a experiência de uma Igreja ministerial, na qual leigos têm recebido ministério de Leitor, ministério da Palavra, ministério de Acólito; e para isso se tem promovido a formação de pessoas que sejam capazes de ajudar nesse trabalho, ressalta.

Por fim, destaca a volta à valorização do diaconato permanente como uma vocação ao ministério do serviço. Tudo isso é fruto da Igreja no Brasil querendo formar essa Igreja ministerial onde as vocações sejam fomentadas e cada uma delas vivenciadas em suas realidades eclesiais, enfatiza o religioso mercedário. Vamos ouvir (ouça clicando acima).

13 fevereiro 2018, 11:22