Cerca

Vatican News
Protestos na República Democrática do Congo Protestos na República Democrática do Congo  (AFP or licensors)

Bispos congoleses: respeitar Acordo de São Silvestre

A ONU acompanhará o país no processo eleitoral e na busca da paz.

Cidade do Vaticano

Para nós a solução da crise está no Acordo de São Silvestre.” Foi o que disse o secretário-geral da Conferência Episcopal do Congo (CENCO), Pe. Donatien Nshole, sobre a realidade sociopolítica congolesa, durante o encontro com a delegação da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC).

O organismo da ONU acompanhará o país no processo eleitoral e na busca da paz. Aos delegados, recebidos nesta quarta-feira (31/01), Pe. Nshole ressaltou que “existem pontos do Acordo de São Silvestre que foram distorcidos e existem disposições importantes do Acordo que devem ser absolutamente aplicadas para chegar efetivamente às eleições, conforme o calendário”.

Os representantes da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral exortaram a Conferência Episcopal a trabalhar pela paz no Congo e expressaram preocupação pelas manifestações que terminaram em violência nas semanas passadas.

A Comunidade de Desenvolvimento da África Austral recordou os episódios que se verificaram nas marchas pacíficas organizadas pela Comissão Leiga de Coordenação em 31 de dezembro e 21 de janeiro passados, reprimidas no sangue pela Polícia, em Kinshasa, e outras províncias.

A CENCO explicou que os manifestantes marcharam pacificamente e que se houve violência foi por parte da Polícia.

01 fevereiro 2018, 19:07