Versão Beta

Cerca

VaticanNews
17102017_155611_bible-2777439_960_720.jpg A conversão pastoral se dá também em nossa relação com a Palavra de Deus: afirma Dom Sebastião Bandeira 

Bispo de Coroatá - MA: conversão pastoral apresentada por Aparecida é fundamental na vida da Igreja

Essa conversão exige mudança em nossa maneira de organizar nossa paróquia – valorizando os leigos e os mais pobres –, “uma paróquia onde os pobres são ouvidos e se sentem em casa”, acrescenta nosso convidado.

Raimundo de Lima - Cidade do Vaticano

Amigo ouvinte, nosso convidado destes dias, o bispo da Diocese de Coroatá, Dom Sebastião Bandeira Coêlho, nos traz na edição de hoje do quadro “O Brasil na Missão Continental” suas considerações acerca de um dos principais desafios propostos pela Conferência de Aparecida: a conversão pastoral – o passar de uma pastoral de conservação a uma pastoral decididamente missionária.

Conversão pastoral: grande fonte de inspiração para viver o espírito do Evangelho

O bispo desta Igreja particular maranhense afirma que essa conversão pastoral proposta por Aparecida é fundamental hoje e sempre na vida da Igreja. Ela se dá em diversos modos, afirma nosso convidado: na nossa relação com a Palavra de Deus – é a Palavra que muda a vida das pessoas. “A leitura orante da Palavra de Deus leva a uma conversão em nossa vida”, ressalta.

Essa conversão exige mudança em nossa maneira de organizar nossa paróquia – onde deve haver a possibilidade da participação de todos, valorizando os leigos e os mais pobres –, “uma paróquia onde os pobres são ouvidos e se sentem em casa”, acrescenta.

“A conversão pastoral é a grande fonte de inspiração para todos nós que queremos viver o espírito do Evangelho neste novo século que estamos vivendo”, afirma ainda o bispo de Coroatá. Vamos ouvir (ouça na íntegra clicando acima).

16 dezembro 2017, 16:22